ALMA NA ARTE DA POESIA

 
TEMA: É DEZEMBRO... É NATAL !
 
Edição: Maria Thereza Neves
Arte e Formatação: Ana Ridzi
 

 
Abertura
 
 
Sim..., É Dezembro...É Natal ...
vamos  tentar pintar o céu de estrelas
deixando no coração entrar a magia
que sempre paira no ar.
É momento de confraternização,
que seja entre nos, todos os povos,
raças e sem desigualdades.
É momento de acreditar num mundo melhor...
mesmo que a realidade chegue a machucar.
Que tenhamos uma luz a guiar nosso olhar,
mãos para estender, braços para acolher,
ombros para acalentar...
jamais  perdendo a esperança
conseguindo com ternuras, mãos macias
cobrir com tapetes as misérias das ruas
afastando  trevas, sombras da solidão
clareando trilhas, becos, ligando elos e pontes ...
Feliz aquele que entender o real sentido do Natal,
secando lágrimas de uma criança, do velho, mendigo
acalentando com zelo  almas famintas, carentes
e com alegria, dividir a própria alegria!
Feliz Natal Poetas, Amigos!
 
Dezembro de 2010
Maria Thereza Neves
 
Poetas presentes do Alma Arte e Poesia;
Luli Coutinho/Marly Caldas/Cibele Carvalho/Candy Saad/Edson C Contar /Edmen/Katarina Madeira/Wilson de Oliveira Carvalho/Naidaterra/Marilena Trujillo/Ógui Lourenço Mauri/Nídia Vargas Potsch/Hilda Persiani/José Ernesto Ferraresso/Ceres Marylise/Nara Pamplona/Maria Tomasia/Roze Alves/Lucia Trigueiro/Maria Luiza Bonini
/Theca Angel/Humberto Rodrigues Neto/Celina Miranda/Eda Carneiro da Rocha/

Madalena Gomes /Graça Ribeiro/José Geraldo Martinez /Itana Goulart/Auber Fioravante Júnior/Teka Nascimento/Tarcísio Ribeiro Costa/Maria Thereza Neves.

 
Poetas convidados  por Luli Coutinho do Mural de Escritores:
Lucia Welt/Maria Barros/Ninita Lucena/João Furtado/José Antônio de Azevedo/Graça Campos/Silvio Parise/Rogério Miranda
 
Presença do Amor
Luli Coutinho

É chegada a noite de luz!
Tão esperada em doce emoção
Um bouquet de flores brancas
Na fábula e lírica oração do amor

Enquanto isso a noite espera,
Um Deus menino de sonho!

Ressurgido o cavaleiro alado
Em nuvens celestiais
Com asas de anjo e perdão
E na face traços angelicais

E ele chega à visão enfim
O olhar azul pousado em mim
Como um presente na canção
Aos enfeites da minha oração

É quando vislumbro o azul
Iluminando o ar da humildade
A sagrada presença na filosofia
Nos versos de amor e sua poesia

Dá-se a luz ao amor!
A imagem da vida o Natal
De si um espelho do mundo
A mim um reflexo fundo.

Dezembro - 2010
São Paulo - SP
 
****
esse dia é Seu...
Marly Caldas


Eu queria tanto um Natal
um Natal igual
igual para todos
todos  felizes
felizes e com saúde
com saúde e com amor
com amor e com paz
Será que  apenas por um dia
esse mundo seria capaz
de se dar as mãos
elevar o pensamento para Cristo
e comemorar...
esse dia é Seu...
 
****
NATAL
Cibele Carvalho


Neste mundo conturbado
 e tão distante da luz
esquecemos até mesmo
 de festejar Jesus.
Ignoramos seu dia,
envolvidos que estamos
 com a falsa alegoria
que nos encanta e seduz.
E fazemos nossa festa,
somente com o que nos resta
do pouco aprendizado
que trazemos na bagagem,
 e que nos foi ensinado.
Lembramo-nos de tudo;
esquecemo-nos, porém,
da figura principal
neste dia de natal.
O regente do planeta
 que veio para ensinar
tudo o que precisamos
para nos regenerar.
Se queremos caminhar,
sempre, em direção à luz,
não podemos esquecer
do nosso Mestre Jesus!
 
****
É dezembro...É Natal
Candy Saad
 
Com carinho começamos os preparativos
decoramos a casa,fazemos tudo brilhar
Sem esquecer do cardápio que iremos preparar
para uma ceia em família saborear...
Debaixo da árvore não esquecer de ninguém!
Os presentes embalados com fitas e laços
Esperamos as badaladas,hora que Cristo nasceu.
Não podemos esquecer o primordial;
Aquela manjedoura nada tinha de material...
Ali nasceu o filho de Deus
E com muita humildade nos ensinou
 O AMOR  incondicional!
 
****

Fica comigo, amigo!

Edson C Contar

 

Deixa que festejem o Natal à maneira deles...

Que comam e bebam ...

Troquem presentes,  se abracem ...

   Estou só...

E você, abandonado e esquecido.

  Venha festejar comigo o seu aniversário...

                Eles se esqueceram o significado do Natal...

Só se lembram do Noel.

   Não tenho nada para oferecer...

Nem bolo,

Nem presente,

Nem um pão sequer...

Apenas esta pequena manjedoura

enfeita minha casa...

É simples, mas é nela

que relembro sua chegada para nos salvar...

 Quero apenas abraçá-lo

  E ser abraçado...

  Estou só...Você também!

Fica comigo, Jesús!

       FELIZ NATAL!...

 

campo grande ms

 

****

É DEZEMBRO... É NATAL

Edilson Menezes

===Edmen===

 

É Natal, sim é Natal! Todos os dias são Natais,

todos os dias Jesus, o Cristo, nasce com o raiar do sol,

todos os dias Jesus é crucificado na cruz da fome dos

desvalidos e todos os dias o Cristo torna a renascer,

para novamente sofrer ao ver o crescimento da injustiça,

ao sentir a razão ser comprada por trinta moedas,

ao assistir a proliferação da corrupção,

ao ver crianças vendidas em troca de um pão.

Ah eterna mácula! Ah renascidos Iscariotes!

Até quando seu Senhor será torturado,

até quando será constante e severamente crucificado?

Ah homens vis, até quando serão vocês seguidores de Pilatos?

Até quando essa geração de Cesar habitará a terra?

Ah filhos de Salomão! Vocês que são herdeiros da justiça,

levanta essa espada e defende a verdade pela justa razão,

vocês que são descendentes de Moises, ergue seu cajado e

deixa que o mar da justiça afogue seus perseguidores.

Ah filhos de Abraão, sejam vocês a luz do mundo,

sejam vocês a luz da vida, sejamos nós a luz do amor.

 
****
 
É Dezembro, é Natal....
Katarina Madeira
 
Bolas, sinos, pinhas, tambores
Muitas fitas multicolores
Luzes que piscam sem parar
Com uma música de encantar
 
A árvore está enfeitada
Com magia colorida
Tem cor, tem o nosso amor
Tem a alegria querida
 
Lá no cimo colocamos
Uma estrelinha a brilhar
É a estrelinha do céu!
Dizes feliz a pular
 
Está o Pai Natal a tocar
E as renas a andar
O boneco de neve a dançar
Há alegria no ar
 
A alegria do Natal
Nos olhos de uma criança
Nesta altura especial
Enche o coração de esperança
****
NATAL
Wilson de Oliveira Carvalho

Mais uma vez  a cidade se engalana
realçando a cor vermelha, referência
especial de um homem com barba branca,
conhecido no mundo inteiro como Papai Noel.

A partir do fim de novembro de cada ano e
começo de Dezembro, as lojas todas vestidas
de gala para chamarem a atenção.

As famílias procuram fazer a provisão de
alimentos para a ceia de Natal, enfim,
todos procurando o melhor para
suas famílias.

Os adultos já têm por costumes presentear com
coisas úteis, já as crianças ou querem de
presente uma bola, um trenzinho, bonecas e até
celulares, e uma série de presentes
sonhados durante o ano todo.

Eu quando criança também tinha o mesmo
hábito, mas depois de dois ou três dias os
presentes esperados com tanta ansiedade,
permaneciam esquecidos em um quanto qualquer
da casa.

Nunca, em tempo algum, alguém me transmitiu que
a data de 25 de Dezembro, sempre foi uma data
muito especial embora, ninguém saiba explicar a
fixação da data por quem a instituiu.
O fato é que comemoramos o nascimento de CRISTO,
dádiva que o DEUS vivo nos deu.

Se observarmos, de uma forma geral, todos
esquecem-se do aniversariante real, nascidos a
mais de 2.000 atrás.

Com rara exceção, nenhuma oração de agradecimento,
 apenas bebidas e iguarias para satisfazer o físico,
lá atrás em uma distância considerada,
 permanecem as práticas espirituais que deveriam ser
as primeiras.

Felizmente, DEUS e seu amado Filho JESUS, são boníssimos,
o primeiro fez nascer seu Filho para depois deixar que
 Ele fosse crucificado na maldita cruz,  para salvação dos demais.
O segundo, depois de esfolado vivo, ainda teve forças
 para salvar alguém e orar pedindo ao Pai:
"Pai perdoa-lhes porque não sabem o que fazem".

O MEU DESEJO É QUE TODOS TENHAM
UM FELIZ NATAL COM JESUS
NO CORAÇÃO.
****
É DEZEMBRO... É NATAL...
Naidaterra

E nasceu o menino salvador,
chegou dos céus cheio de
amor e com propósitos
dignos de um filho
de Deus...
Mas parece que seus
irmãos não o aceitaram
muito bem e, parece também,
que ainda não o aceitam
tão bem...
Então, precisamos refletir muito,
pois, há a necessidade de avaliarmos
melhor nossos sentimentos e nossa
lealdade a Jesus...
Nosso salvador...
FELIZ NATAL PARA TODOS
OS MEUS AMIGOS...
****
 
Natal da minha infância
Marilena Trujillo

 
Natal meu, Natal da minha infância,
Natal de tantos sonhos e alegrias,
Natal de tantos sorrisos, tanta ilusão,
Recheado de cores, fogos e fantasias...
 
Da ansiedade de ver Papai Noel...
Papai e mamãe felizes me enlaçando,
Quanta magia tinha o meu Natal!...
Luzes piscando e a família chegando...
 
A imensa árvore de Natal prateada...
Anjinhos e velas tão lindos balançando,
Meus olhos infantis como tudo, brilhando...
Todos os meus sonhos iam se realizando...
 
Mas cresci, acordei do lindo sonho,
Vi que Papai Noel não vai à favela...
Que lá... os pequeninos nem sapatos
Usam e assistem a ceia pela janela...
 
Cresci... Infelizmente cresci!...
E Papai Noel não é mais meu ídolo,
É um fominha, manipulador, egoísta...
Da bíblia sequer conhece um versículo...
 
Não fala com os pobres, não vê a fome,
Pouco se importa com os pequeninos...
Dos meus irmãos não enxerga a dor, deixa
Que na guerra cumpram seus destinos...
 
Meu Natal hoje... é só saudade e tristeza
Do tempo que passou... de felicidade e amor,
Mas ainda quero crer na bondade, no perdão,
Na igualdade que pediu o "Nosso Senhor"...
 
Papai Noel, seja mais justo...
Pelo amor de Deus!...
 Aprenda a amar, por favor!!!
Mary Trujillo
 
****
MENSAGEM DE NATAL, PÓS-INTERNET
Ógui Lourenço Mauri


Ah, que delícia o Natal pós-Internet!
É virtual e real, em sinergia...
O computador trouxe mais alegria,
Cada novo ano, mais gente se intromete...
Abraços amigos, de longe e de perto.
É obra das Alturas, que já deu certo,
Volta do Menino-Deus que se repete.
 
Esta amizade do mundo virtual
Traz à da "realidade" farta expansão,
Tendo à frente os ditames do coração,
Nossa antena do foro sentimental...
Foi a rede universal forte instrumento
Que incutiu no homem novo sentimento,
Bem mais fraterno à chegada do Natal.

 
Meu amigo ou amiga que, a cada dia,
Eu sei que não fica sem mandar mensagem,
Aceita esta minha singela homenagem,
Pois ser teu destinatário é regalia...
Um Feliz Natal!... E Próspero Ano Novo!
Que, pra seguir o velho chavão do povo,
"Seja pleno de paz, amor e alegria".

Catanduva (SP), dezembro/2010
Ógui Lourenço Mauri
 
****
Meu Desejo de Natal!
Nídia Vargas Potsch


Com uma doce parada estratégica
depois de um ano atribulado...
Alcançaremos um Tempo de refletir,
de fazer certos balanços,
 de repensar, de reorganizar,
de colocar a casa em ordem.
Tempo de reunir família, amigos,
 para congraçamento, descontração,
alegria de viver... Tempo de festejar!
Que neste Natal, Deus esteja presente
em todos os lares, abençoando seus ocupantes,
guiando e iluminando seus caminhos,
para que no Ano Novo,
as realizações sejam plenas e duradouras!
Que assim, possamos agradecer
 todas as Graças e Bênçãos recebidas,
 com um largo sorriso de Amor no Coração,
num sonoro:
Obrigado, Muito Obrigado, Senhor!

Que a Estrela Natalina
continue iluminando Sua Existência
e brilhando por todo o Ano Vindouro!
****
 
Natal
Hilda Persiani

O Natal está chegando,
Enfeitando a cidade de luz,
Estamos todos esperando
O nascimento de Jesus!

A criançada inocente
Espera um presente.
Papai Noel, seja bonzinho,
Não esqueça do pobrezinho.

Também faço o meu pedido
E quero vê-lo atendido:
Atente ao que estou lhe pedindo,

Papai Noel, quero de presente
Ver todo adulto contente
E toda criança sorrindo !...
****
O meu Natal
Lucia Welt
(de Alma Welt)

É Natal e estou como criança
Entre crianças dentro do meu lar.
Meus queridos e a casa em abastança,
Quê posso mais querer, quê desejar?

Matilde minha ex-babá se esmera
E uma mesa farta nos espera;
Devemos sentar e agradecer
Sermos dignos de ter o que comer.

Mas quanto, eu pergunto, apenas quanto
Merecemos a fartura e o privilégio?
Por quê perdura em mim este espanto?

Então, Patrícia, como um sortilégio
Toca meu rosto refazendo o encanto:
O Natal basta ser amarmos tanto...

25/12/2006
****
 
A FESTA QUE JESUS NÃO É CONVIDADO!
Maria Barros

Natal do menino Jesus...” Linda essa música!
Razão na qual perdurou no tempo, só no tempo!
Pois hoje não passa de uma canção atípica
Nesses tempos atuais de Natais do contratempo...

Isso mesmo, contrariedade para tantos
E felicidade para uns tantos predominantes!
Lucro é que importa e o Natal traz ótimos argumentos
Deixando u’a minoria sem opção e descontentes...

Do espírito do Natal, restou apenas a tradição
Onde quem pode se farta na mesa e nos sapatinhos...
A festa está formada, só há risos e fanfarras...

Quem fica fora, dribla a ilusão, a revolta sem absolvição.
Nas diferenças que a sociedade trata como daninhos...
Cadê o Doce Jesus? Nem lembram dele! Tamanhas algazarras!
 
****
NATAL E CONFRATERNIZAÇÃO
José Ernesto Ferraresso

 
O Natal inicia...
euforia em todos os lugares, ou melhor,
em quase todos, porque a PAZ
não reina em todos os países.
Que bom se pudéssemos esquecer das desigualdades,
guerras , inimizades, dessa luta sem nexo.
Hoje muitos esquecem do mais importante:
do Aniversariante e da Confraternização. 
É difícil de admitir que  é a partir do
amor e da justiça que obtemos essa União
porque ela não cai do céu, 
adquirimos através da compreensão,
da virtude, bonança, prosperidade, enfim,
nos  nossos momentos de respeito e reflexões.
Infelizmente, passamos por momentos difíceis, 
e sempre acreditamos, acontecem desgraças e confiamos
mudanças e confiança na confraternização
entre os povos e entre as Nações.
Que todos analisem, meditem
e tenham em seu interior
a Bondade como prioridade
em seus corações.
Assim como o Mestre nos deixou um só Mandamento:
 "AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI".
Serra Negra
27/11/10
****

QUERO UM NATAL DIFERENTE
Ceres Marylise
 
Quero um Natal diferente,
sem ceias extravagantes,
sem muito enfeite custoso,
sem consumismos insanos,
sentir Cristo em cada rosto.
 Não quero palavras vãs,
vazios desejos de amor,
de paz e prosperidade.
Quero um Natal diferente
pra no coração de todos,
ver meu Cristo
 de verdade!
 
****
UM NATAL DIFERENTE
Nara Pamplona

Natal...festejo do grande Advento...
Quando as mesas cobrem-se de comilanças,
As bebidas atiçam a alegria dos encontros,
E presentes são trocados entre amigos e familiares!

Nessa data, há tempos, um sonho persegue-me,
Transmudar-me na figura de Papel Noel,
Pegar um trenó de tamanho imensurável, com asas,
E alçar vôos, percorrendo os mais recônditos lugares do mundo!

Onde houvesse fome, levaria lautos farnéis de alimentos...
Doenças, competentes e médicos auferindo remuneração justa...
Construindo hospitais com estrutura eficiente,
Equipando-o com farta medicação e eficiente equipe de apoio!

Onde encontrasse ausência de instrução, analfabetismo,
Arregimentaria grande leva de professores,
Com ganhos decentes, compatíveis com excelência de seu trabalho,
Edificando prédios escolares, oficinas de conhecimento...

Defrontando-me com injustiças, guerras, morticínios,
Distribuiria sementes do amor, da concórdia, da tolerância,
Soltando pombas de paz, solidariedade, humanidade,
Destruindo todos os instrumentos de força, guerra...

Mas sei que é, apenas, um sonho...
Não só meu, mas de incontáveis semelhantes,
Porque, acabada a festa, o aniversariante é esquecido,
Os interesses escusos e o poder destruidor acordam...

È, tão somente, um sonho... Desejo de um presente especial,
Mas que me acarinha o coração e espírito, pois não estou sozinha
E quem sabe, em um dia não muito distante, juntando forças
Logremos que os senhores do mundo assumam esse papel...!
 
****
 

É DEZEMBRO... É NATAL

Maria Tomasia

 

 Dezembro, mês especial,

pois ele traz-nos o Natal,

quando nasceu Jesus,

Aquele que nos conduz.

 

Dezembro, mês do Natal!

Não existe  outro  igual;

não podemos ignorar

nem deixarmos de rezar.

 

Num simples tabuleiro,

feito de rústico madeiro,

dormia lindo menino

nascido um Ser divino.

 

Não vestia nenhum trapo,

nem mesmo um farrapo

para seu corpinho cobrir

  e frio não sentir.

 

Os animais que, ali, comiam,

com seus hálitos O aqueciam,

do Seu lado não arredavam pé,

junto à mãe Maria e Seu pai José.

 

A Boa Nova logo espalhou,

Muita gente ao saber, chegou.

Os Reis Magos a Estrela seguiram;

ouro, incenso e mirra a Ele serviram.

 

RJ 29/11/10

 

****

Chegando o Natal
Roze Alves
 
Blem blem blem, já ouço os sinos
É ele que está para chegar
O bom velhinho, só sorrisos
Que na minha vida sempre teve seu lugar
Mesmo quando não trazia
O brinquedo que eu queria
Eu sempre o amei, desde guria.
Quando descobri quem ele não era
Quebrou-se a quimera
Muito chorei
Mas até hoje, essa ilusão em mim guardei.
 
Amanhecer-M
RJ: 2009
 
****
 
MANJEDOURA
Ninita Lucena

O Rei dos Reis, Senhor dos Senhores,
Deus forte, Conselheiro, Pai da Eternidade,
Príncipe da Paz veio seu amor nos revelar,
Em uma manjedoura, entre fenos nasceu.

Dos homens não buscou favores,
Como prelúdio invocou a simplicidade
Dos irracionais, para exemplo nos dar,
Mesmo Rei, aqui servindo, Ele viveu.

Jesus Homem que passou por dores,
Homem Deus que na sua unicidade,
Faz parte da Trindade e por amar,
Veio preparar o lugar para os seus.

A Ele, outorgamos todos os louvores,
Somos gratos pela imensa amorosidade
E pela sua vida que por nós veio doar.
Nosso Senhor e Salvador, único Deus.

Jesus é o Caminho, levou nossas dores,
Lavou nossos pecados, na verdade,
Com seu sangue, por tanto nos amar.
Jesus, Redentor, por nós morreu.

É Natal, mês de LUZ e muitas cores,
Mais de dois mil anos de eternidade
Que é eterna e, entre a humanidade, está
Marcada por aquele Menino que nasceu.

Que você seja acolhido (a) na Manjedoura de Cristo.
Feliz Natal!
****
 
NATAL
Lucia Trigueiro

Natal Deus como princípio
 coesão Universal
atenuando mágoa em nosso coração
brilho nos olhos das crianças
que padecem fome

saúde para os enfermos
fé bálsamo da cura
livrando-nos da amargura sofrimento
inércia lesando autoridade Suprema

perdão para as cadeias públicas
elo do desamor
irmãos ligados uns aos outros
 em sintonia da vingança

"Perdoa Pai eles não sabem o que fazem"
Natal luz da paz em cada coração
liberdade da ação livrando-nos da opressão

esperança âncora da sensibilidade
água que banha renova vegetação
substância Divina
seja compromisso assumido fiel á palavra
renascendo da cinza da solidão do abandono
Lucia Trigueiro
desejando aos amigos do coração
Feliz Natal
"Gloria a Deus nas altura"
 
****
OFEREÇO-TE O MEU NATAL
Maria Luiza Bonini

Minha criança, por essa vida, abandonada
Ofereço -te este  meu Natal  e a ti chego
Com muito carinho e todo o meu aconchego
Para que te sintas querida e muito amada

Meu ancião que permaneces num asilo, esquecido
Ofereço-te este meu Natal e a ti chego
Com muito carinho e todo o meu aconchego
Para que te sintas querido e muito amado

Meu jovem que perdeste da vida, tão cedo, o sentido
Ofereço-te este meu Natal e a ti chego
Com muito carinho e todo o meu aconchego
Para que faça renascer em ti novos ideais floridos

Mulher que ainda não encontraste o amor
Olhe ao teu redor e verás que está tão perto
Os que clamam pelo teu carinho, de mãos abertas
Para que os torne anestesiados da imensa dor

Homem viril que vives teus dias na labuta
Pare e ofereça o teu Natal aos que perderam a força
Por uma luta inglória que os transformou em pífio mofo
Para que despertem na vontade de reviver contigo a luta

Que seja assim o nosso Natal, doado,
Aos que sofrem a tristeza da desdita
De serem párias,  pelas injustiças da vida
Na solidão e no desamor, por todos  rejeitados
SP. dezembro, 2010
 
****
É DEZEMBRO...
É...NATAL...
Theca Angel

Último dia de Novembro...Soam as horas
Meia Noite... Dezembro principia.
Estou quieta, sem ânimo, sem alegria.
Os olhos vêem o vazio, a alma chora!

Acodem-me pensamentos em turbilhão...
Outros anos, outros dezembros, ilusão...
De outros tantos Natais...de "eterna" união...
Hoje, restam escombros em meu coração!

O calendário persegue meus pensamentos
Aos dias, mesclo tristeza, desencanto...
Inutilmente busco ao redor a velha poesia
Com sofreguidão tento afastar a nostalgia!

Tantos os que amei e que se foram...
Não houve como preencher-lhes o lugar
Dar aos sinos natalinos o mesmo soar...
Às luzes, o brilho que um dia, ostentaram!

Ainda ouço os risos alegres, festivos...
 Vozes infantis banhadas em doce eloquência,
da espera por mais este dezembro, cativos...
Fiel  à Santa Noite, brindo tão pura inocência!
 
 
****
Natal 2011
João Furtado


O tempo que foi já era
Nesta nova e difícil era
Na mudança da pobre terra!

O inimigo cruel e sem rosto
Com maldito e péssimo gosto
De criar inocente desgosto!

Mulheres e crianças nossas
São mortas em massas
Para força mostrarem apenas!

Lá vem a porta o Natal
E nós cá pensamos que tal
E o terror com bomba fatal!

Não se tem a confiança
Nem da carta com fiança
Pois pode provocar matança!

O homem do homem morre
Tanto na grande e gêmea torre
Como quando de morte corre!

O pobre já este é de fome
Pois nada tem que se come
E ninguém tem que se tome!

Até a terra que foi pródiga
O homem antigo que o diga
Estéril se torna e quase mendiga!

O Cristo de novo é desejado
E Obreiro o mundo seja transformado
E o pensamento para a paz direcionado!

João Furtado
Cabo-Verde - Ilha do Príncipe –
Republica Democrática de São Tomé e Príncipe.
Praia, 23 de Novembro de 2010
****

 

"EM VERDADE VOS DIGO...
Humberto Rodrigues Neto
 
...que nem sempre o Natal é dos lojistas,
nem, tampouco, dos finos restaurantes,
os quais contam, quais meros comerciantes,
com vossas propensões materialistas;
 
nem culpeis as indústrias da alta moda
de enriquecer mercê do cristianismo,
já que atendem ao vosso egocentrismo
de ser destaque em festas da alta roda.
 
Eu não condeno que ao seu capital
o negociante o justo lucro tome,
mas que não ouse a um pobre, morto à fome,
fechar-lhe a porta neste meu Natal!
 
Em todo lar há sentimentos ledos,
mas de quem sou poucos de vós lembrais;
até os `meus pequeninos´ gostam mais
do bom velhinho que lhes traz brinquedos.
 
E em tal data, por todos festejada,
mostrais de vós mesquinhos aparatos...
prendas levais a asilos e orfanatos
e o ano inteiro não lhes dais mais nada...
 
Mesmo ao corrente desses vãos engodos
entendo vosso espírito imperfeito,
e a ir ver-vos no Natal jamais rejeito,
levando a minha paz ao lar de todos.
 
Mas se fizerdes do Natal bom uso,
se o tornardes da fé divina messe
e orardes ao Senhor singela prece,
não mais serei ali um mero intruso”! 
****
 
NATAL DE OUTROS TEMPOS
José Antônio de Azevedo
 
Natal era uma comemoração
Do nascimento de Cristo Jesus
Que nascia em cada coração
Para iluminar com muita luz
 
Papai Noel era somente
Um simpático velhinho
Trazendo à criança inocente
Presente com muito carinho
 
Hoje, não mais se comemora
De Jesus Cristo o nascimento
Não é mais como outrora
Para  ser só fingimento

Jesus como o aniversariante
Na festa não o deixam entrar
Porém o mais interessante
Não permitem sequer espiar
 
Perdoa a todos assim mesmo
Porque não sabem o que faz
Vivem neste mundo  a esmo
Prestando culto  a satanás
 
Ribeirão Preto - SP
Dezembro/2010
 
****

É NATAL!

Celina Miranda.

 

Glória ao Rei que nasceu!

Já soou por todo Céu

Graça e Paz Deus quer doar

Homens vão reconciliar...

 

Vós nações, cantai louvor!

Ó, cantai de Deus amor

Proclamai, pois, vós também 

Quem nasceu lá em Belém

Dê louvor os Anjos seus...

 

Proclamai o Rei da Paz!

Rei que a nós justiça traz

Vida e Luz a todos dá

Pobre Rei, em palha está...

 

Oh! Sim, Deus do mundo amou!

Com amor nos dá perdão

E eternal ressurreição...

 

Cristo é o eterno Deus!

Terra e Céu, e mar sabei

Que nasceu o grande Rei

Para nós, no mundo, Paz...

 

Cristo lá no Céu nos traz!

Através de cruz e fel

Ser-nos-á Emanuel

Que transforma os corações 

De toda a humanidade 

Sem discriminação

E nos concede total perdão...

05/12/10.

SC.

****

Natal No Coração
Eda Carneiro da Rocha

Vim,
vi,
aprendi que o Natal
se faz no coração!..

Toquem os sinos,
para os pequeninos,
para os adultos também!

Hoje, vamos nos confraternizar:
Todos juntinhos, dançando essa canção:
Um passinho pra lá, outro pra cá!

Quero rabanadas,
vinho,
alegria !..

Paz.
como sobremesa,
Saúde como entrada,
Amor, para festejarmos
nossa união!..

Um pra cá,
outro pra lá,
digam, se tenho razão...

Amor com amor se paga,
É o que diz o refrão.
Então, assim ,comemorando,
quero lhes dar meu coração!

É Natal!
Diz a canção!..
Passinho pra cá,
outro pra lá,

E pra vocês
desejo
Feliz Natal,
nesta canção
que só fala ao coração!..

Uma brincadeira de Natal para vocês,
meus amiguinhos e poetas que amo tanto!

“ Poeta Amor”
****

MEU NATAL DE TODOS OS DIAS

Madalena Gomes

  

Não sei se devo fazer uma retrospectiva

Do meu ano que finda...

Não, não devo... Tudo passa

E deixando ou não marcas

Não tenho tempo para esperar que cicatrizem

Minhas feridas, nem posso parar e olhar

Para trás para ver os meus sorrisos que

Passaram.

Em todos os momentos, tudo foi de grande valia

Para que eu possa recomeçar!

Para que eu possa renovar esperanças,

E tocar a vida.

Meu Natal é todo dia quando tento

Confraternizar-me com o mundo,

Quando tento sorrir para todos,

Principalmente quando falo de amor,

Todos os dias!

Meu Natal é a fé que me move,

A fé nessa força que me rege

E que me faz parar diante da possibilidade

De magoar, de fazer o mal a quem quer que seja.

Nosso tempo é tão curto,

nunca conseguimos fazer o que

Deixamos para depois...

Não deixemos nada de melhor para

depois, façamos de nossos todos os dias, o Nosso Natal,

Apenas nesse período comemoremos o nascimento

De Jesus Cristo, levemos até Ele nossos mais valiosos

Presentes: - Levemos-lhe todo bem que fizemos,

Todos os sorrisos e abraços, principalmente

Todo amor que dedicamos aos nossos irmãos!

Vamos encher nossos corações de fé e amor

Para que o Novo Ano seja transbordante

de felicidades,

Paz, saúde, amizade, carinho e Amor!

 

 

Campina Grande, PB

06.12.2010

 

****

É dezembro... é Natal!
Graça Ribeiro
 
 
É tempo de acordar nossa criança
voltar a crer em Papai-Noel 
e plantar a árvore da Esperança  
 
Tempo de ouvir a Alma na Poesia
viver com gratidão e alegria
a magia que este tempo anuncia
 
Tempo de solidariedade,
 de rever e abraçar amigos,
lembrar de gente querida,
e doar um pouco do muito
que temos recebido nesta vida
 
Tempo de reverenciar Jesus Menino
ser solidário, amoroso, um semeador
como ensina o nosso Mestre e Senhor
 
É dezembro... é Natal...
 
****
Natal de Luz
Graça Campos
 
Doce lembrança de uma canção
Que ficou para sempre...

Dezembro de ar festivo
Novo sentido de ver
A cidade brilha nos passos
Que se apressam para o abraço
E os olhos buscam incessantes
Afetuosos abrigos
Criaturas angelicais pousam nos galhos das árvores
Entre o verde dos pinheiros e os alvos flocos de neve
Frutos dos céus cintilantes...

Nas ruas e avenidas, nas aldeias e nos campos,
Ouvem-se em ressonância anúncios de vozes santas
E as cantigas mais delicadas acertam os corações
Estrelas cortam o espaço, aproximam-se
Cadentes...
Quanta Luz! Guirlandas e lindas velas!
Tudo reluz!

Na lareira, o fogo sagrado aquece os pés da esperança
A canção atiça na memória, labaredas da fraternidade.
Na imagem-tela divina em tons do amor maior
Envolto em simples tecido, Deus Menino! Esplendor!

Tocam sinos!  Alegria! Grande festa!
Minha alma criança agradece
E em fervorosa prece pronuncia:

Jesus amado!
Ilumina este mundo que padece
Dá-nos força de seguir os teus exemplos
Nosso Mestre!
Vem renascer nas paredes e nos tetos
Das almas carentes de tua luz
Vem, Jesus,
Renascer a realeza
Do caminho da paz que traduz
O saber,  ciente harmonia
Dá-nos clareza e discernimento
Simplicidade em nossa vivência

Neste Natal acompanhe os presentes
A tessitura dos mais nobres sentimentos
Dourado amor e purificado incenso
Da mirra, o aroma entendimento
Ao mundo, olhos de ver
Que somos irmãos
E a canção será para sempre
Amor, esperança e luz!...

“Natal, Natal das crianças.
Natal da noite de luz
Natal da estrebaria
Natal do Menino Jesus...”

06/12/2010
.
 
****
Feliz Natal
José Geraldo Martinez

Se fosse eu teu presente ,
ninguém estaria mais contente ...
que eu !
Se numa caixa coubesse o amor ,
com laços de fitas de cor ,
seria todo teu!
Dar-te-ia o infinito do céu que nos cobre ...
O melhor de mim , meu sentimento mais nobre , o amor .
Todas as canções cantadas , pelas noites iluminadas  do Senhor !
A ternura de todo este dia ,
onde o amor impera  ...
Do natal ,toda magia  da criança na espera !
Minha alma missal , aberta a santa ceia ...
sirvo-me , de corpo e alma  ,
ao teu amor que me anseia !
Nesta data , em plena passagem...
derrama em mim teu amor selvagem!
O amanhã é ignorado ...
Faze-me,de todos , o mais amado !
O Ano Novo principia ...
na incógnita do  futuro !
Enquanto for hoje ,ainda Natal...
Faze-me amor animal !
Nosso último pecado do ano.
O amanhã ? Lição ignorada !
Se certos ou errados ?
Pouco importa ...
Feliz Natal, minha amada !
****
É NATAL..
Itana Goulart
 
Tempo de Paz e Esperança
Momentos de introspecção
Consulta silenciosa ao nosso coração
Renovação do amor,
benevolência, altruísmo e perdão...
 
RJ,12/12/2010
****
 

Estrela do Amor

Auber Fioravante Júnior

 

A marcha é silenciosa,

Brilhante, verdadeira,

Para o olhar uma estrela cadente,

Para o sentimento o renascimento!

 

Jesus menino

Faz-se presente entre nós!

 

É natal

Pelos quatro cantos do mundo

É hora de renovar nossas bênçãos,

Renascer nas palavras do coração,

Deixar a alma falar por si!

 

O filho de Deus

Pede passagem!

 

Gloria a vida

E aos homens que a constroem

Com sabedoria, fé e emoção

Vinda de dentro para fora,

Assim como ele que nos ensinou amar o amor!

 

Feliz Natal

 

23/12/2009

Porto Alegre – RS

****

 

Natal em La Salette

Silvio Parise

Acho lindo observar,
E magnífico participar
Nas celebrações de Natal
Que anualmente se faz
Com dedicação, muita fé, amor e paz
Na esplêndida Igreja de La Salette
Cujas bênçãos e preces
Vale à pena compartilhar.
Porque aqui, impera o verbo Amar
Com toda a sua riqueza e fulgor!
Sentido também pelo calor
Das músicas que continuamente soam no ar.
E, nessa festa gloriosa
Deleitamo-nos em olhar a arte sacra
Rica em beleza e graça
Espalhada por todos os lados à embelezar.
Para, corajosamente sair e
Lentamente caminhar com a multidão
De fiéis que, como eu,
Vão agora alegremente enfrentar o frio
Porque querem ver, indiferente aos calafrios
Toda a decoração que faz parte da iluminação
Nessa vasta área sagrada,
O deslumbrante Presépio cuja graça,
Também faz parte de nossa tradição.
E assim, anualmente festejamos
O aniversário do nosso amado Jesus
Com alegria, louvor e muitos cânticos!
Afinal de contas, Natal é sem espanto
Um dia de reflexão, doação, harmonia e confraternização,
Além de lógico, muita felicidade, amor e luz.
 
****

NATAL NASCIMENTO DE JESUS CRISTO
Rogério Miranda

Qual o presente que você vai dar
neste natal para o aniversariante?
uma mesa farta e uma arvore
cercada de presentes ou vai
se doar em amor e paz
distribuindo solidariedade
para quem nada tem para
comemorar...

E o que você vai fazer com
a fartura do desperdício,
alimentar o ego ou refletir
no recolhimento de sua alma,
na injustiça de uma sociedade
egoísta que fecha os olhos
para quem nada tem...

Senhor ilumine o Espírito
de quem não entendeu suas palavras,
perdoe os pobres de espírito
que esquece de seu aniversario
para se embriagar na ilusão
da vida....

O senhor que nasceu
em uma manjedoura sem luxo
viveu para ensinar a fé...
Suas palavras são esquecidas
no dia de seu aniversario
em que a reflexão fica de lado...

PERDOE SENHOR
ELES NÃO SABEM
O QUE FAZEM
 
****
NOVAMENTE É NATAL 
Teka Nascimento


Mais um Natal chegou...
e com ele veio o tempo de reflexões.
Analisamos que fizemos de bom e o mais
difícil...a análise do que deixamos de fazer!
Esse tempo de recolhimento nos traz novas esperanças,
levando-nos a melhores atitudes.
Proporcionando mais amor, atenção e afeto a todos.
Que nesses dias reflectivos, possamos fazer brilhar
a Estrela Maior e que essa luz permaneça com seu brilho,
durante o próximo ano.
Que a paz reine no coração de cada um.
Que o amor seja a palavra de ordem.
Que a compreensão e a tolerância estejam presente em todas
as nossas ações!
Que este Natal seja o marcado por renovações.
Que todas as bênçãos de Jesus, ilumine a todos!!!!!

Feliz Natal!!!!
****

FELIZ NATAL
E PRÓSPERO ANO NOVO
Tarcísio Ribeiro Costa 

Te Deum laudamus
("A ti, ó Deus, louvamos")
 
Era um dia radiante,
Pelas escarpas do montes os pastores,
Na sua simplicidade, cuidavam das ovelhas.
 
De repente, luzes explodem e expraiam-se
pelas serranias
Anjos do céu cantam o"Te Deum laudamus!"
 
Nasceu Jesus Santo Filho de Maria e José
Hosana, hosana, nasceu nosso Rei
Tudo é alegria, o universo sorri!
Os anjos cantam o "Glória".
 
Incia-se nova era
É o tempo do amor e do perdão...
Implantam-se na terra o amor e a salvação.
****
 
 
Um Natal para toda Gente!
Maria Thereza Neves
 
 ( "FELIZ NATAL !
PRÓSPERO ANO NOVO!
"E AS FESTAS PASSARAM
OS HOMENS CONTINUAM OS MESMO..."
diney  )

 
Que este ano seja bem diferente
construindo pilares que sustentem
sem tantas pregações, orações
magias, fantasias, ilusões ...
com mais ações,  real humanidade
que seja sempre, todos os dias de toda Gente !
 
Passam anos, passam séculos
nascem crenças, edificam religiões
os inocentes continuam escravos
da fome, da guerra
das ganâncias dos poderosos
disputando poderes, palacetes !
 
Que este ano seja bem diferente
mesmo sem árvores, presépios
mesmo que falte presentes
não falte o abraço sincero, fraterno,
o teto,o pão para toda a Gente
mesmo que seja apenas
retalhos, trapos, restos de ternuras
de coração para coração.
 
Que este ano seja bem diferente
sem promessas vãs
procissões de velas
que não clareiam sofrimento de almas
não plantem novos calvários
que sangram mundos
e homens !
 
Vamos crer, fazer
um real Natal diferente
vamos arregaçar as mãos
unindo todos o povos
para toda Gente
para todos os "Indigentes" !
 
Que tudo passe
não passe mais
a desigualdade !
****
 
 
 
Dezembro de 2010
Grupo Alma_Arte de Poesia
http://www.lulicoutinho.com

 
 
 
 
 
CRÉDITOS
 
TUBES
ANA RIDZI
MISTED
JCMAID, MACHA
 
ARTE E FORMATAÇÃO
ANA RIDZI
Baseado no tutorial de
Anna.Ma
 
 

 

 

 

Voltar