"ALMA NA ARTE DA POESIA"

TEMA: GESTOS E PALAVRAS

Edição: Maria Thereza Neves
Arte e Formatação:Ana Ridzi

*****

Apresentação!

O tema é sobre coisas que todos sabemos;
é isso que é bom nas sínteses: podermos
reconhecer-nos nessas tentativas de dar unidade a dados dispersos.

"A vida não é um monólogo. "

Gestos e palavras não podem se dissociar...
O corpo influencia, enfatiza ,
atenua ou até mesmo desmente o que queremos dizer.

Os gestos são capazes de transmitir mensagens
até mais sinceras do que palavras.

Os poetas ,nem sempre sinceros...
se abandonam nos sonhos
numa linguagem que fascina
aquecem corpos frios de solidão...
há buscas e procuras que dão pistas, e nada mais!

" E vão dando cor, alívio à alma
até ao dia,
em que as palavras se juntam aos gestos
deixando de ser simplesmente palavras
Para serem reais gestos."

20/05/2010
Maria Thereza Neves

****

Presente os Poetas:1-Jorge Linhaça /2- Sol Lua/3-Marlene Constantino/4- Mary Trujillo/5-Naidaterra/6-Ruth Gentil Sivieri/7-Luli Coutinho/8- Nidia Vargas Potsch/9- Edmen/10-Roze Alves/11- Candy Saad/12- Graça Ribeiro/13-Rivkah Cohen/14- Cibele Carvalho/15-Cida Valadares/16- Theca Angel/17- Ógui Lourenço Mauri/18-Anna Paes/19- Clara da Costa/20- Teka Nascimento/21- Caio Lucas/22- Véra Lúcia de Campos Maggioni/23-Maria Marta Cardoso /24- Auber Fioravante Júnior/25- Maria Luiza Bonini /26- Zeca Avelar /27 - Itana Goulart /28- Gildina Roriz/29- Maria Thereza Neves.
 

Gestos e palavras
Jorge Linhaça

Se gestos são palavras inauditas
E as palavras são gestos falados
Sejam ambos, pois, ofertas benditas
Levando a paz por todos os lados

Quando a palavra suave é dita
Ou quando o gesto carrega o recado
Foge do peito a torpe desdita
E reina a paz do amor ofertado

Gestos; palavras:comunicação!
Co'eles se planta a mais pur'amizade
Co'eles se colhe a flor da paixão

Palavras/gestos, hão de ter verdade
Para abrandar o mais frio coração
Inda que doa a sinceridade.

****


Gestos e Palavras
Sol Lua©

No olhar um gesto de ternura.
Nas palavras a paixão, a candura.
O brotar da alma em fuga ou em flor.
Florido no jardim da dor ou do amor.

Nossa alma sempre se encanta.
Quando o carinho dos outros recebe.
O corpo, a pele, o coração que canta.
Esta emoção em manancial o néctar bebe.

No brilho dos olhos, palavras secretas.
Murmuram sentimentos em leve piscar.
Despertam, a rima os versos dos poetas.
Que procuram no ser o verbo amar.

Gestos e palavras, às vezes enganam.
Quando um adeus, não faz jus aos desejos.
Dos olhos muitas lágrimas emanam.
Enquanto as mãos, da boca laçam beijos.

****

GESTOS E PALAVRAS
Marlene Constantino

Se a força do silêncio não bastar,
que seja ouvida esta voz
a te falar de amor no mais ardoroso enredo,
múltiplos sons,
turbulento mar em convulsiva emoção
na palavra,
que da boca escorre em gritantes versos.
Se esta voz não te alcançar
vão os meus mais amorosos solfejos
sons que se beijam no mais fiel arpejo.
Para alguém que sabe ouvir
e entender a prece dos anjos e das fadas
pois este amor por ti lampeja no olhar
contorna toda a geografia dos meus gestos.

08/05/2010


****

Palavras & Gestos
Marilena Trujillo

Palavras e gestos, são doces prenúncios de amor,
Palavras são inesquecíveis, gestos são irresistíveis...
Se da alma... nada podemos adivinhar ou supor...
Olhares são juramentos sublimes, indestrutíveis!

São retinas que se encontram embevecidas,
Mãos que se tocam com indisfarçável ardor...
São promessas de sonhos para duas vidas,
Que, unidas, se entregam sem nenhum temor!

Palavras são perfumes, sedução... melodias
Que excitam o olfato... deliciam a audição!...
Escapam da boca amada qual estrelas fugidias,
Perturbam a razão... nos enchem de emoção!...

Ah... palavras e gestos sem piedade ou perdão!
Que adentram o peito feito um enorme furacão,
Tornando-nos escravos ensandecidos de paixão.
Explodindo de felicidade... o atordoado coração!

Mary Trujillo
09.05.2010


****

PALAVRAS E GESTOS
Naidaterra

A palavra e os gestos,
podem ser armas que ferem ou
flores macias que acariciam...
A palavra certa, tem o aroma
dos roserais, a palavra errada,
pode formar grandes temporais...
Os gestos calmos, são recebidos
como carinhos, os agressivos
deixam marcas indeletáveis...
Ter serenidade nas palavras e gestos,
é ser sábio, uma virtude
que só faz bem...

****

Gestos e Palavras
(Ruth Gentil Sivieri)



Palavras carregadas de emoção,
ditas por alguém que ama e também sente
a ternura e o amor que eternamente,
fazem vibrar mais forte o coração.


Gestos sutis de mãos que humildemente,
afagam os que imploram o perdão;
agasalhando a alma de quem sente,
as dores de uma grande solidão.


Em momentos de lúgubre agonia,
os sentimentos são verdade , encanto
e as palavras são puras de alegria.


Os gestos não trazendo desencanto,
balsamizando como anestesia,
que minimizam lágrimas de um pranto.


****


Gestos e Palavras
LuliCoutinho



Nos teus gestos sinto a doçura
Nas palavras versos com alvura
A luz que se acende no deserto
Como um oásis seguindo perto


Sou eu, passageira da tua rima
Das quimeras, tua eterna sina
Mas para onde espero estou só
Voando ao vento, somente pó


Mas esqueça tua janela aberta
Supostamente a minha espera
Quem sabe adentrarei tua alma
Num beijo profundo de fada


Ai, grande amor da minha vida
De sonhos, gestos e só, palavras!
Traga o amor bem mais que lavras,
Cascatas junto à lua apaixonada


10/05/10
São Paulo - SP

****


Gestos e Palavras ...
Nídia Vargas Potsch


Palavras não medidas,
são palavras naturalmente distorcidas,
que magoam, machucam e ferem profundamente,
amargas palavras que destoam da realidade
e calam fundo em nossos corações...
São gestos de carinho, transformados em dor.
Saudade do amor que na ausência desses gestos, naufragou ...
Mas as palavras não ditas,
aquelas que a tudo nos faria esquecer, não chegaram a tempo ...
Ficaram na lembrança, rolando, despencando,
caindo em lamentações, azucrinando os sentidos,
com vontade de ir embora ...
Para os gestos de carinho predominarem uma vez mais
e as levarem embora com o vento ...


@Mensageir@
Rio, 10/05/2010


****

PALAVRAS E GESTOS
===Edmen===

Palavras são, deveras, pensamentos transbordados, transferidos em desenhos de letras,
formando palavras, algumas caladas ainda, esperando pelo desabrochar de um gesto,
que a faça transparecer no dia, na noite, ou num lindo amanhecer, para depois, em seu engrandecer,
então, sentir-se palavra viva, repleta de vida, cor, luz e amor.

Gestos são momentos em que o pensamento se faz presente, num presente de palavras ternas,
arrogantes ou deselegantes, fazendo o momento alegre ou triste, em que persiste apenas o gesto criado,
por vezes deixando o coração amordaçado, sem poder a palavra pronunciar,
ficando apenas o gesto desafiante, num eterno calar.

Gestos e palavras é a união do sentir num abduzir sereno, muitas vezes de cores
no transparecer de lindos amores que a história escreveu, mas passou despercebido e o coração não leu.
Palavras e gestos são, certamente, os manifestos que o pensamento produziu
e num eterno esquecer, a alma jamais viu.

****

Gestos e Palavras
Roze Alves

Me vesti de palavras,
queria te encantar,
pois já estava a te amar

Olhei-te, comecei a recitar...
Num gesto puramente egoísta,
sem parar, continuastes a andar

Ilusão, sonho infértil.

Frialdade, congela corações.

Amanhecer-M
RJ: 11/05/2010


****

Gestos e palavras
Candy Saad

Gestos...
Palavras mudas que fluem da alma,
Acariciam e consolam
Palavras ...
Voz do coração que flutuam no ar
Expressam emoção.
Quando as palavras calam,
Os gestos falam sem palavras
Palavras escritas com o coração
Criam asas e voam numa melodia divina
Levam cheiro de flores
Sabor de poesia
Transformam-se em gestos de amor


****

Palavras e gestos
Graça Ribeiro

Quando a dor toma conta da gente
e a alma chora bem devagarzinho
algo nos fala no silêncio da mente
e ensina continuar nosso caminho

O que determina a nossa evolução
é querer bem, mais do que desejar,
é amar sem exigir compensação
e servir ao próximo com gratidão

O gesto clareando a noite escura
o sorriso cobrindo o amanhecer
podem fazer a alegria renascer

Por isto é preciso falar mansinho
agir como quem tem uma missão
evoluir e fazer feliz o nosso irmão

A boa palavra, um gesto, um carinho
são caminhos pra não seguir sozinho

****


Tenta explicar
rivkahcohen

Se defende do mundo
e mesmo revestido de dourado,
parece um louco nesse emaranhado
com medo de tudo.
Busca espessura na sombra
e na ausência de riso,
vai às compras com ar sofrido!
Com palabras ocas,tenta explicar as coisas,
mas os gestos são desolados,
como quem desconsolado
não consegue mostrar o lado que tanto doira!
Esse esconder o rosto,parece fugir do fim,
além de um ato grosseiro,
mostra-me quem não está disposto
a ter amizade,
carinho ou sentimentos afins.
Nessa ambigüidade,não o vejo por inteiro
e por essa metade,não o quero para mim!
12/05/2010


****

GESTOS E PALAVRAS
Cibele Carvalho

Gestos e palavras
- formas de expressão
que, nem sempre, mostram
o que vai no coração.
São palavras que iludem
e, outras, que arrasam,
acabam com esperanças
de alguns que, ainda, sonhavam.
São palavras que nos mostram
o que os gestos desmentem
e, se as palavras mentem,
com intuito de ferir,
pelos gestos, nós podemos
a verdade intuir.
GESTO - PALAVRA
Binômio essencial
que falta, no virtual.

RJ,08/05/10


****

Gestos e Palavras
Cida Valadares

Olhei a palavra dor...
e transformei-a em gestos de amor.
Vi danças em gestuais de lágrimas
Fitei-as...apenas
redescobrindo tantas palavras belas...
Em outras cenas.

Em pesadelos vi braços estendidos...
Soltos ao ar.
Desatei todas as palavras
e braços amigos transformaram-se
Em gestos de abraçar.

Num gesto de oração...multipliquei palavras,
e os gestos... então?
Recebi-os de volta
Em afetos, ternura e amor
Depositados à porta de meu coração.

****

EMOÇÕES...GESTOS...PALAVRAS...
Theca Angel

Feche seus olhos e me ouça...
Não olhe para as minhas mãos, ou...
meu rosto... que disfarça a expressão...
Sofro embora sorria e faça mossa!

Minha voz trai a emoção!
É ela, que te revela a louca sensação
que sinto ao repetir......Eu te amo!
Não creias na forma jocosa como te chamo!

A máscara é só para não doer...
Para não sofrer e me arrepender
ao te mostrar o que poderia ser uma ilusão!

Portanto feche os teus olhos.
Os sons que ouvirás não são, senão falhos
ecos...do que te sussurra meu coração!

13/05/10 16:32

****


GESTOS E PALAVRAS
Ógui Lourenço Mauri

Gesto é um termo de duas definições:
Dá, a primeira, ideia de movimento,
Enquanto a segunda tem por fundamento
O brilho e enlevo de certas ações.

Temos na palavra a exteriorização
Do que nosso íntimo deixa vazar.
A palavra é instrumento singular,
Algo refratário ou de aproximação.

Tu sabes usar tais dons com maestria,
És mulher inteligente e resoluta.
Em todas as batalhas, ganhas a luta;
No amor e nas lides de todos os dias.

Sou vidrado em tua poesia e lucidez...
No visco de teus traquejos, me prendi;
Teus gestos humanos, eu sempre aplaudi
E às tuas palavras, entreguei-me de vez.

Catanduva (SP), 14/05/2010

****

Gestos e Palavras
Anna Paes

Emoções geram gestos,
muitas palavras -
- sorrisos e lágrimas!
Emoções são gestos de nossa alma,
sentimentos!

****

GESTOS, PALAVRAS E SINCERIDADE
Clara da Costa

A palavra dita, não volta atrás.
Cuidemos do que falamos,
dos gestos que usamos,
porque nosso corpo também fala.

Gestos carinhosos,
palavras bondosas,
denotam sinceridade,
destilam harmonia.

Sinceridade,
o bem maior para se viver
e ter paz!

****

Emoção em Gestos e Palavras
Teka Nascimento

Todo gesto nos transmite uma emoção
Todas as palavras soam como uma canção
Aos corações dos amantes.

Nesta forma de expressar os sentimentos
Nas palavras expressadas em gestos
E em gestos que falam mais que várias palavras

Entendem os corações apaixonados
O que é emoção em gestos e palavras.

L.Pta.20/05/2010

****


Palavras e momentos
by-Caio Lucas

Palavras são pequenos momentos, não feito fantasias,
sou feito vida, sou amante ou serei nenhum para sempre.

Não crio histórias, só as envio ao meu coração,
ele que faça as medições de paixão e gozo,
sem perguntas solto os desaforos,
a paixão passa como expurgos de restos
de amores adormecidos.

Deixei de caminhar por momentos,
voltei ao meu coração e fiquei.

Joguei fora minhas máscaras, faça do meu passado o que quiser,
não me torne comida do amor de muitas mulheres
ou de qualquer uma outra paixão maluca.

Tenho fome, preciso me alimentar, quero comer paixão e me fartar de amor,
sem censuras, sem vergonha e sem medo de morrer amando.

****


Oh, Poema...! (I sina)
Véra Lúcia de Campos Maggioni®



Se te pensasse de fato como jeito uno, isento, além de beatificador,
Na tua beatitude houvesse eu te apreendido cedo, claro, em assento,
Ao te apreender construía insigne ninho e abrigava-te em maior amor,
Em infinitas flores, sopros, assovios, há tempos! Enquanto era advento...!


No avio, em seda pura, te bordava bem melhor no pensamento,
Em minhas mãos te abraçava em carinho ilimitado. O amparava
Se na argila dos meus sonhos de criança eu te amoldasse no intento
Sem hiato sem boato sem segredo. Oh, Poema, em altar te consagrava!


Em hora, eu não soubera no haver que o amava tanto assim -.
Ah! Se ainda fosse infante na varanda-meu refúgio meu remanso-
Nos gestos e palavras que soletravas soprando em versos mansos
Nas linhas eu mais te desenhava, ouvia, lia, em aceite, te compunha


Mais...! Apesar de acenar levando-me ao ultramar, trivial, te supunha
Na orquestra. Ao lápis e papel aventaram palavras consoantes em vias...,
Constantes fantasias deslizavam à minha mão, menina, que escrevia.
Oh, Poema, se entendesse eu de ti, na sina, da senda, ou, talvez, de mim...


Vera&Poesia®
20/05/10


****

Gestos e Palavras de Amor
Maria Marta Cardoso

Que importam palavras agora...
Triste foi ter enxergado verdade no que dissestes
Palavras declamadas com gestos de emoção
que cravaram fundo no meu coração
Triste é acordar para a realidade e ver
tantas inverdades, ditas com tão lindas
palavras em nome do amor.
Nas palavras que acreditei um dia
serem a minha realidade.
Um amor gritado em palavras, acompanhado
de gestos de carinho que me fizeram
acreditar neste amor.
Hoje as mesmas palavras
são lamentos de dor.

****

Versos do Corpo
Auber Fioravante Júnior


Vestido pelo silêncio
Lanço-me de coração e alma,
Aos mistérios incandescidos
Pelo corpo em valsares!

Entre noites de insônia e solidão,
Adentro pela folha vazia
Desenhando em palavras versadas
O que a brisa me traz em magia!

Quando me deparo com a sombra,
Vejo-me num mundo calado
Retratando em gestos prismáticos
Rimas descrevendo um espelho!

De Deus sou apenas criatura,
Alquimiando em verbetes
Transcendentes sentimentos
Bordados pelo amor da escrita!

****


GESTOS E PALAVRAS
Maria Luiza Bonini

Gestos que em palavras se transformam
Num sublime cantar de lindos versos
A dizer, em uníssono, ao amor proclamam
Traduzindo na arte o cerne d' alma, em emerso

Gestos que em palavras se transformam
Aspergindo gotas de amor em nosso universo
Que, irmanadas, em doce néctar nos deleitam
Apontando o caminho d' um oásis, onde se faz deserto

Gestos que em palavras se transformaram
Na pena dos poetas que aqui disseram
Do amor à dor em seus tantos reversos

Gestos que em palavras se transformaram
Num cântico angelical e, assim, perenizaram
Belos e sublimes, sonhos que se fazem concretos


SP. 21.05.2010

****

Gestos e Palavras
Zeca Avelar

Deus quanto inventou o Amor
nos impoz uma condição
que para usufruir do mesmo
houvesse a Comunicação

Assim o Amor entre nós
pode ser intenso e repleto
com o olhar amoroso e doce
demonstrado através de um Gesto

Deus Nos deu a Sabedoria
para criar as letras um dia
e os homens com as letras - quem diria
inventaram as Palavras e a Poesia!

Mas assim, como amamos com Gestos,
Mas... É bom que se entenda contudo
que podemos amar com as Palavras
através de um silencio aparentemente mudo!!!

****


Gestos e Palavras
Itana Goulart


Meu pequenino Anjo
Me amas sem palavras
Me fala sem sons...

Com tuas pequeninas mãos
Em gestos demonstra
Todo o teu amor por mim...

Com as mãos falamos de amor
O coração não necessita de palavras...


RJ,21/05/2010

***

Gestos e Palavras...
Gildina Roriz

Esqueça as palavras...
Gestos falam mais alto!
Na vida, meu amor,
o que conta é a atitude!
O gesto que salva, que redime
é uma rara virtude
de quem sabe amar, servir,
se doar, amparar !
Pessoas abençoadas,
com gestos silenciosos
podem chagas vivas curar...

***

Gestos e Palavras
Maria Thereza Neves

Ainda que janelas fechem, o dia amanhece.
Tento levar minha alma onde jamais estive,
Palavras , gestos a quem não me conhece.
O poder da poesia, quase em uma prece.

Ainda que o momento não seja perfeito
Um alívio, uma melodia,um ombro amigo,
Neste mundo frio, cruel, tão imperfeito.
Serei um simples poema, o doce abrigo.

Ainda que pensamentos não encaixem
O desencanto, a mágoa seja tão grande,
Serei a mão a enxugar tuas lágrimas .

Ainda que sejam minhas últimas linhas ...
Jamais digam que não tentei, ai eu cheguei.
O orgulho deletei , muitas dores guardei.


****
Grupo Alma_ArtePoesia
21/05/2010


Música : sinfonia_emmi.wav



Creditos
TUBES
ANA RIDZI

 

 

 

Voltar

Livro de Visitas