Sou Ceres Marylise. Nasci no sul da Bahia, zona da Costa do Descobrimento, rodeada de rios, mar e mata atlântica. Já possuo netos e um bisneto.
Sempre fui devoradora e rascunhadora contumaz das palavras... só me sinto bem se estiver rodeada de papéis e livros nos lugares que mais gosto de ficar na minha casa. Apaixonada por poesia, quando criança, costumavam me convidar para declamá-las; hoje, já não o faço: a retirada da glândula tireóide afetou-me as cordas vocais.
Professora universitária aposentada, sou pós-graduada em Linguística pela Université Du Quebec au Montreal - Canadá. Na universidade, além de lecionar, ocupei diversos cargos administrativos.
Em finais de 2004 faleceu um dos meus filhos e, desanimada com a vida, aposentei-me e dediquei-me totalmente à família. Aos poucos fui retomando os afazeres normais do lar.
Para superar aquele momento difícil fui convidada a fazer parte do Grupo Crystalzinho01, da querida amiga Lúcia Resende, de Juiz de Fora - MG.
Dele faziam parte poucas pessoas: eu, um médico do RS, uma professora da UFRJ, um superintendente aposentado do INAMPS, um juiz de Direito de Varginha - MG, um aposentado do BB (já falecido), uma professora secundária de Umuarama - PR, uma funcionária aposentada do Senado Federal (nossa estrela guia, já falecida), uma fazendeira de Presidente Prudente - SP, um engenheiro civil de Caçador - SC, um funcionário do Pentágono, nos Estados Unidos e Elisa Lobbinha, que na época ainda trabalhava no Banco Central e começava a preparar o site rodadeleitura.com  Essas pessoas ficaram incumbidas de amenizar a dor da perda do meu filho e, para tal, Elisa punha-me todas as noites e madrugadas para pesquisar poesias, imagens e músicas... nessa época, conheci a nossa Luli que a visitava. Incentivada por Elisa, comecei a rabiscar versos que eu própria considerava catastróficos, embora sempre cuidadosa com a linguagem... hoje, me chamam de poeta e sou membro efetivo de Academia de Letras da Bahia nas terras grapiúnas da região sul. Contudo, minha intenção maior é poder compartilhar com os meus semelhantes, o melhor de mim como ser humano, e neste momento em especial,  uma de minhas preferências musicais que gosto de ouvir a sós, num cantinho qualquer do mundo: O  BLUES!
 
 
 

 
Na imensidão
do mundo
que me acolhe,
sou ser humano
que jamais se cansa
de arquitetar na alma
 muitos sonhos,
de abrir janelas,
semear bonanças.
Com tantas coisas
que me deu a vida,
ainda sinto frio,
tenho meus medos,
e enfrentando lidas,
desenganos,
procuro calma
pros desassossegos.
 
Ceres Marylise
(Fragmentos do poema Desassossegos)
 
*** *** ***
 
 

Pequena história do Blues

Robert Johnson Ícone do Country Blues Primitivo

Um blues na madrugada - Ceres Marylise

 
 
 
 
Neste trabalho que será apresentado em três capítulos, contei com a colaboração
do Webdesigner Auber FioravanteJr que gentil e pacientemente organizou os dados
pesquisados vestindo-lhes com o melhor de sua belíssima arte,
a quem carinhosamente agradeço.
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
Créditos
Misted Imagem: Banco de Dados Google
Arte: Auber Fioravante Júnior
Musica Wav: Rock Me Baby
BB KingEric ClaptonBuddy GuyJim Vaughn