O Grupo Alma Arte Poesia
agradece a participação
dos queridos poetas:



1-LuliCoutinho/
2-MariaTherezaNeves/3-CarmenCristal/4-AntoniaNeryVanti(Vyrena)5-JoséErnestoFerraresso/6-Walterbrios/7-NaidaTerra/ 8-FranciscoCoimbra/
9-Elianaf.v.-LiAndorinha/10-RozeAlves/11-NidiaVargasPotsch/12-ItanaGoulart/
13-SádeFreitas/14-DethHaak/15-WilsonOliveiraCarvalho/16-PauloNunesJr/
17-VanderliMedeiros/18-AntonioCicerodaSilva/19-CássiaVicente/ 20-LúcioReis/
21-GislaineCanales/22-WalterPereiraPimentel/23-CeresMarylise/
24-Virginiaalémmar/25-VaniadeCastro/26-Mercília Rodrigues/27-SaraRafael/
28-MariaLuisaBonini/29-VéraLúciadeCamposMaggioni®/
30-RoseliScarparo/31-CibeleCTeixeira/32-AuberFioravanteJr


Muito Obrigada a todos!
LuliCoutinho
 
 
 
01 - Anunciação à Primavera!
LuliCoutinho


Chegaste, enfim!
Soberana aos meus pés de marfim
As primeiras veras florindo heras
Numa anunciação à Primavera!

Renascem as flores do meu jardim
O aroma seduz um olor de jasmim
Que se irradia com essa florada

Meu coração canta com alegria
À terra que traduz tanta alquimia
Pintando em arco-íris minha vida

O calor do sol que me fascina
E o perfume casto que se imagina
Traz buques de rosas tangerinas

E foi este olhar que me inspirou
Floriu meus cabelos e assim ousou
Colher acácias e entre rendas trançou


10/09/09
São Paulo - SP
LuliCoutinho
Publicado no Recanto das Letras em 16/09/2009
Código do texto: T1813442




02 - Pensava em Primavera!
Maria Thereza Neves

Abro as portas da natureza ,
Verdes desfilam sobre verdes,
Com real grandeza e beleza !
Estrelas despencam cadentes!

Contemplo, tímida , esmoreço .
Os botões ainda não abriram ,
Estão a esculpir só o começo ,
A estação, obedientes esperam .

Os vales , montes mudam as faces ,
Ondulam suaves chuvas de amores,
Para amanhã tudo ficar mais doce.

Esperem, não chegou a hora calma ,
Dos campos de primavera, girassóis ,
Letras, carinhos das poesias da alma !

01/10/09





03 - VEM CHEGANDO A PRIMAVERA...
Carmen Cristal



Primavera!... Chegas exuberante,
Colorindo de verde campos e matas,
Avivados de um verde mais verde,
De cores mais brilhantes!...
Fixando as folhas nos galhos...


Primavera!... Chegas dançante,
Debruçando tuas belezas e primores
Sobre lagos de águas cantantes,
Espelhos que emprestam o azul do céu,
Refletindo um azul mais azul, mais anil...


Primavera!... Chegas empolgante,
Enfeitando a terra com tuas flores,
Exalando no ar teus perfumes,
Soprados por tuas brisas suaves,
Favorável aos folguedos e júbilo...


Primavera!... Chegas apaixonante,
Rima que se fez versos de uma poesia,
Escrita com maestria por mãos divinas,
Inspiração que só o Poeta do Universo,
De uma aquarela perfeita, conseguiria...


Primavera!... Chegas exuberante...
Ele e só Ele, por ser Magnânimo,
Com sua autoridade de Criador,
Mandou-te ao mundo para ser calor,
Acalorar o coração da humanidade...


Primavera!... Exuberante, Ele...
Te fez bela, te fez mulher, vibrante!...
Ornando teus olhos nas cores do arco-íris,
Teus lábios, em sorrisos de real encanto,
Em teu coração semeou adornos mil...


Primavera, vista do Criador
Canteiros de canções de amor...
Emoções que a face te faz singela,
Apaixonante!... Primavera...


Primavera!... Chegas exuberante...
Primavera!... Chegas empolgante...
Primavera!... Chegas apaixonante!
Entre as estações tu és a mais bela,
Completa aos olhos que te recebem...



01/09/2009
23h51min





04 - Primavera, ressurreição da natureza
Antonia Nery Vanti (Vyrena)


É chegada a primavera.
Ressurge a natureza,
em cores mil,
transbordando de beleza!

No inverno, tudo feneceu!
Na primavera tudo se renova!
o sol, que parecia ter perdido o alento,
reanima-se. Com ele
a natureza mostra-se bela
e esplendorosa!

A seiva da vida,
outra vez, circula nas veias
do arvoredo ressecado.
Folhas verdes e viçosas reaparecem,
misturam-se ao colorido das flores,
assemelhando-se a grandes
e perfumados ramalhetes.

A terra reveste-se
de um manto de verdor,
entremeado de mil cores,
imitando um enorme
lençol bordado!

Os pássaros,
tristes e emudecidos
recomeçam, com grande alegria,
seus maviosos gorjeios,
fazendo serenatas nas janelas,
nos jardins e nas florestas!

É Primavera!
Toda a natureza está em festa!






05 - ----- Vejo
José Ernesto Ferraresso


Olhar,
Admirar,
A mudança aconteceu,
É de uma beleza sem fim,
Multicolor.
O cenário parece uma paisagem,
Chegou a estação das flores,
Junto a ela, o desabrochar das alegrias,
meses de encantos,
Telas coloridas.
É a nossa Primavera,
Que acabou de acontecer.





06 - PRIMAVERA SEGUE O UNIVERSO ZEM
Walterbrios



Enfim ela chega chova, ou faça sol,
Trazendo vida aos campos, alpendres,
Praças e jardins da manhã ao arrebol,
Quase que predominam os verdes;


Insistem apesar da devastação louca,
Algumas plantas renascem das cinzas
Mudando a face dos vales. As bocas
Das matas parecem desdentadas, lisas.


Enfim a primavera sempre vem sem
Alarde da natureza, ela vem todo ano
E sempre acalma a alma de alguém.


Primavera sempre é um precioso bem,
Poesia e oração na alma do ser humano,
Um girassol seguindo um universo zem.



SSABA 3/10/2009





07 - PRIMAVERA
Naidaterra


Vem primavera, dá-me
tuas forças, cobre meus
olhos com tuas cores...
Preciso sentir teu aroma
invadindo minhas formas,
minha essência...
Quero abrir a janela ao
amanhecer e ver
meu amado jardim
olhando p'ra mim,
flores sorrindo e meu
coração acariciado
agradecendo a
contemplação deste
doce momento...







08 - PRIMAVERA
FranciscoCoimbra


Mãe de toda a renovação e vida,
estação do regresso das aves
migradoras, desabrochas sadia
saída do Inverno, como sabes


a sorrir com a luz do Sol
a cair em grandes chuvadas
a trazer ao mundo o crisol
a expensas das belezas criadas


por cada um de teus afagos
dás ao mundo um colorido novo
fazendo surgir no ninho ovo


por cada um de teus favos
colhemos o mel da natureza
enquanto se realiza ritual beleza!


(do soneto apenas a essência,
só a sua Poesia é feita ciência)

«a trazer ao mundo o crisol»

a fazer o mundo sem crisol



Ponta Delgada - Açores
Portugal





09 - Energia Colorida
Eliana f.v. – Li Andorinha


Primavera chega sapeca
Com a carinha diferente
Escorregando na chuva
Com sua arte sorridente


Deixa em festa minha alma
Que inventa uma canção
Para dançar com as fadas
No arco-íris da criação


Imitando os passarinhos
Ela brinca com as flores
De colorir nossas energias


Ah! Como é delicioso
Sentir brilhar a Primavera...
Até mesmo nas estrelinhas!

03 – 09 - 2009





10 - Primavera
Roze Alves


Aqui jaz...Folhas, planos, amores
Em ti Primavera mira-se a Esperança
Renascimento, flores, sonhos, vida

Espero-te a cada ano, com ansiedade
És o ponto de uma nova partida, sempre
És o começo do acerto do que foi ruim

Luminosidade, viçosa seja a alma

Intensidade, lucro do desejo

Amanhecer-M
RJ:07/10/2009

 



11- Primavera!
Nídia Vargas Potsch


Flores, cores, brilhos surpreendentes
De maneira suave, única, repleta de magia,
Uma vez mais, Primavera é só alegria ...


O Amor ressurge na melodia da existência.
Acalentam desejos, sonhos a se partilhar
Á flor da pele, explodem corações de prazer ...


Cio da Terra, expectativa, pujança!

Corações adormecidos, manifestam-se ...


@Mensageir@
Rio, 02/09/2009




12- Primavera!
Itana Goulart

Eis que ela chega com colorido
Deixando no ar um misto de aromas
Rosas, Miosótis, Jasmins,Verbenas...


Como uma noiva preparando-se para brilhar
Aos olhos encantam, mostram-se lindas e serenas.
Flores...Quando as recebemos nos fazem sonhar...


Estação dos enamorados.

Alegria dos corações sofridos.



PerfumedeMulher™
RJ, 04/09/2009






13 - CHEGASTE PRIMAVERA
Sá de Freitas


Chegaste Primavera... Sê bem-vinda!!!
Porque teu riso, à terra, traz mil cores;
Pois teu fascínio encontra-se nas flores,
Que te transformam na Estação mais linda.

Há festejo no ar quando apareces;
A brisa passa até mais perfumada;
Bem mais contente canta a passarada,
Como se à Deus fizesse suas preces.

Já passaste também em minha vida,
De lembranças deixaste-a florida;
Com um doce perfume de saudade.

E hoje - já no Outono para o Inverno-
Meu corpo sente inda teu beijo terno,
Como o sentia em plena mocidade.


Samuel Freitas de Oliveira
Cônsul dos "Poetas Del Mundo"
Em Avaré- SP- Brasil





14 - Primaverando.
Deth Haak


Sopram o vento, sírios bailarinos
Tilintando na Gameleira desnuda
Pros seus brotos cantarem os hinos
E desfilarem no tapete das folhas
Cobrindo a rua nacarada de o luar.



E o autêntico inverno, assim se foi
Saudando a rosa-do-mato que chega
A colorir nos quintais as Buganvílias
Rosas e lilases ornamentando cercas
Como riso escancarado dos sisudos.



Nos lábios que desfazem as sombras;
De verões que ora ausentes imprimem
o trinar do cancão no voar dos colibris
Que sobrevoam galhos secos da aldeia;
Hei-os, germinando vida em harmonia.



Os Gnomos que habitam a Macondo
Em meus sonhos poéticos florescidos
No solo arado da paz que necessito
Obtenha fartamente a humanidade
A estação dos bem ditos, assim dita.



A debruçar nas janelas dos sentidos
Pro ver da alma secarem nos lidos
Versos as lágrimas torturadas de dor
Pelas bombas que explodem na guerra
Seja PAZ que o homem colha nesta era!



Deth Haak
“A Poetisa dos Ventos”
Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN
Cônsul Poeta Del Mundo – RN
Embaixadora Universal da Paz

 
 

15 - VOCÊ MINHA PRIMAVERA
Wilson de Oliveira Carvalho



De todas as flores da estação que
ora vivemos, uma delas tem minha
preferência, não é pela sua fragrância,
e nem tão pouco pelo tamanho.

Ela pertence à família das oleáceas e
encanta por sua beleza, nela sua contextura
e ao sabor do vento então, deixa escapar
de si estonteante aroma.

O que mais me chama a atenção não
é só pela divina feitura, é que não
preciso ser primavera para que apareça,
em qualquer época ela se faz presente.

E ao florescer suas raízes são profundas,
sua única exigência é permanecer em um
chão superior a todos os demais, o coração
é o local ideal para que floresça.

Falo de você mulher, minha flor preferida,
escondo seu nome por ciúmes, pois não
desejo que ninguém mais conheça
seu perfume, ele é só meu.

 


16 - Vem Primavera, vem me fazer sorrir!
Paulo Nunes Junior


Dos céus um anjinho lindo que comanda a natureza volta-se à terra...
Procura agora deixar todos os caminhos floridos,
Afinal, abre-se a estação dos anjos.
Nela encontraremos nossas margaridas a nos sorrir;
nossas damas-da-noite a nos entregar seu aroma;
nossas rosas para encanto de nossos amores;
as palmas para a reflexão;
os cravos, rei entre todas se faz...



Chega o momento de podemos olhar para os campos,
Mais uma vez, sentir a magnânima presença do Rei do Universo
e seus emissários...
Vamos ver em campos que o homem jamais semeou, flores...
Canto de estradas, cachoeiras,
Todos receberão os jardineiros do amor...
Os pássaros que com seu biquinho em trabalho constante
ficaram durante o outono a percorrer tudo e semear...
Passado o inverno ai esta este mundo fantástico
Que nos entrega o nosso Pai...



Por muitas vezes, por falta de tempo ou atenção;
nem nos damos conta destas maravilhas.
Enaltecemos um vaso belo à venda em floriculturas;
Mais do que uma flor meiga e simples à beira de uma estrada,
colocada lá pelos anjos certamente...



Enfim...Vamos sorrir!
As flores chegam e elas têm sentimentos,
São felizes com nossa alegria;
as mesmas que colocadas em cima de um esquife são tristes...
Percebam...
Quantas vezes necessitamos fazer nascer uma primavera dentro de nós?
Sim...um novo ‘eu’ , um novo ‘você’...
Mudar, sorrir, esquecer o que se foi e receber os novos dias
com sorriso, com elegância e o colorido de nossas almas...
Tal como nossas flores fazem,
Bendito seja o Arcanjo das flores!...





17 - Primavera.....!!!!
Vanderli Medeiros

prima_vera,
nos prima com lindas eras,
tão floridas, tão belas,
elevando-nos a quimeras
de esperanças deveras
os corações cheios de amores
desabrocham como flores
espargindo cores
da linda primavera!

Barra do Garças - MT, 24-09-09

 



18 - LINDA PRIMAVERA
Antonio Cícero da Silva

Como você é linda
É a primavera
No jardim da Bem Vinda
Há flores lindas e belas.

Na primavera
Surgem as rosas e os cravos
A natureza impera
No sítio do Rosalvo.

O ar fica cheiroso
Faz bem para as narinas
Tudo se torna formoso
Paraíso das meninas.

Linda primavera
Com pétalas a abrir
A coisa mais singela
Que podemos assistir.

Época de alegria
Que transmite muita calma
Nada disso existiria
Se não houvesse a calma.

Desabrocham lindas flores
E cheirosas também
De onde surgem os frutos
E excelentes ares contêm.

*Publicado no livro:
Antologia Florada de Emoções, 2006, CELEIRO DE ESCRITORES

 


19 - PRIMAVERA
Cássia Vicente


Primavera que chegou bela,
trazendo vento brando, chuva fina,
uma pitada de frio, um sol gostoso,
manhãs frescas e noites de luar,
tudo pra logo, logo, o perfume das flores
embriagar meu coração,
o colorido enfeitar meu corpo e
a fantasia invadir minh'alma de poesia...






20 - Primavera
Lúcio Reis

O Menino, vi brincando
Sob a vegetação, sorrindo
Em Suas mãos tinta e pincel
Estava Ele pintando
Sem descansar e ainda sorrindo
Lindas flores já estavam coloridas
E o arco-iris a tudo observando
Posto que o trabalho já estava encerrado
E de alegria também sorria
E agora tudo, e quem quiser ver podia
O azul da imensidão
Fazia a pintura de fundo, o belo cenário
As nuvens brancas brincando
Sustentavam o coral de canário
Cantavam num coro de louvação
Ele como o Artista que concluiu sua apresentação
No palco da vida da natureza
À nossa apreciação fazia a Divina doação
Para o encantar em cada olhada a visão
No olhar e perceber no enxergar que Deus
Mais essa magistral criação
Graciosamente a mostrar
À quem puder e quem sabe até deverá
Apreciar mais uma lindíssima primavera
Belém do Pará
12/10/09





21 - Glosando Eduardo A O Toledo
Gislaine Canales



VENTRE DA PRIMAVERA

MOTE:


O inverno fecunda o chão
com semens de orvalho e espera
as flores que brotarão
do ventre da primavera!



O inverno fecunda o chão
deixando-o umedecido,
com carícias de emoção
nesse solo, antes despido!



Segue, a noite, ejaculando
com semens de orvalho e espera
que esse amor, que está transando,
não seja simples paquera!



Na sua imaginação
vislumbra, em bonitas cores,
as flores que brotarão
quais filhos desses amores!



O inverno em molhados beijos
realiza essa quimera,
satisfazendo os desejos
do ventre da primavera!






22 - O CORAÇÃO NA PRIMAVERA
Walter Pereira Pimentel


É tempo de alegria
Descobri isso no teu olhar
Nos pássaros a cantar
No brilho das flores...
Também, pudera
Vê onde estamos!
No centro de um jardim
Cercado de rosas e jasmins
É primavera!
O meu coração está solto
Anda de flor em flor
De ramo em ramo
Ávido por te oferecer amor
Louco pra dizer: te amo!



wlterpimentel1@terra.com.br


 



23 - ODE À PRIMAVERA
Ceres Marylise


Que bom te ver de volta, PRIMAVERA,
a pôr tuas cores no cinzento inverno!
Traz-nos de volta perfumes do outono
e assim tão bela, nos leve até o verão.

Deixa que as árvores filtrem tua luz,
e que os pássaros, num coro genial,
saúdem com alegria o SETEMBRO,
dos meses, o mais belo, sem rival!

Preencha de esperança os corações,
explode plena com a tua melodia,
enfeita às escondidas os amantes,
inunda a vida com a tua alegria!

Itabuna - BA





24 - PRIMAVERA
Vania de Castro


Quando você chega, linda primavera
chega também o belo jacarandá mimoso
formoso
vultuoso
precioso

Os pássaros
atraídos por sua beleza e grandeza
bebem o néctar
adocicado das flores
e sinalizam o despontar de uma linda manhã

Manhã alegre
ensolarada
recheada de cores
e flores
diz bom dia!

Abrir a janela do meu quarto
e me deparar com você
é abrir as portas do dia
e saborear sua entrada na vida
com todas as honras que você merece

Encontro flores arroxeadas
deitadas na calçada!
Um tapete
presente cheiroso
do jacarandá mimoso.

Dizem que você atinge até quinze metros de altura
suas folhas lembram penas
que carregam sempre no ventre
folíolos pequenos,
delicados e belos.

Entre agosto e novembro
Você floresce
Maio e setembro
Seu fruto cresce
E da folhagem você se despe

11 de outubro de 2009
www.vaniadecastro.com.br

 


25 - I n i c i a ç ã o
P r i m a v e r i l

*virgínia além mar



Chegaste em braços d'água querida
em tranças brincam aves a saudar-te
também a brisa amena vem cantar-te
pois és majestosamente vestida


Oh Primavera inspiras arte
Tal qual flautim me pões na vida
E, tal qual barco pronto à partida
Faz-me crer que já não estou iludida


Alhures proverbial densidade
Em ti esperança equivale-se à fraternidade
Contentamento e dança, apesar da seriedade


Como uma cornucópia chegas e derramas
Abundância e, às deusas Moiras proclamas;
Em teu aroma habita sábia Têmis mãe das Horas


virgínia vicamf RS Brasil 09






26 - ...E as flores chegaram
Mercília Rodrigues

A terra prenha arrebenta-se em magia...
Os botões nascidos do amor,
Matizados pela beleza e magia .
Enfeitam a terra de cor!
Os campos deitam-se fartos,
Pendem, dos ramos, os botões ...
Acabou a terra o seu parto,
Fez florir os embriões!
Cantam as aves em seus ninhos,
Cantam os rios e o canoeiro,
Cantam os anjos em arminho,
Perfuma-se o setembro inteiro!
Cala-se até a alma, em amargura ...
Silencia o bom, em prece,
Agradece ao Pai nas alturas
a dor que nessa alma fenece!

mercilia.rodrigues@terra.com.br


 



27 - O Vento e a Primavera
Sara Rafael



Oh! Meu Amigo
se eu pudesse pegar na sua mão,
e levá-lo até ao cimo de um penhasco sobre o mar,
eu lhe diria:
a Primavera faz abrir flores que podem ser magníficas
e faz despertar paixões que podem ser avassaladoras.
mas veja o vento soprando sobre a água:
ele pode ser bravio, perturbador
e afastar pessoas que navegam juntas.
desvio previsível, separação fatídica,
no insustentável equilíbrio das ondas.
mas também pode trazer preciosidades,
heranças inesperadas, manancial e vida
ao cabo e roca, na firmeza atenta do farol


A diferença está na perspectiva sobranceira...
No alto da postura vertical sobre as areias da vida.


Lisboa, 18/10/2009





28 - ODE À PRIMAVERA
Maria Luiza Bonini



Enfim, chegaste para nos ditar
Aquela inspiração que se fazia ausente
E, novamente, a todos brindar
Com tua beleza que se faz presente

Enfim, chegaste e, tão faceira
A arrebatar com tua rara beleza
Céus e mares, louvam-te por inteira
Como a saudar a rainha da natureza

Enfim, chegaste, ofuscante em tuas cores
Despertando a alegria de todos amores
Incitando irresistível, a pena do poeta

Enfim, chegaste, despertando cantos
Dos pássaros que te amam tanto
Numa sinfonia que se faz concreta


Maria Luiza Bonini




29 - Ah! Primavera, minha vida!
Véra Lúcia de Campos Maggioni®
Vera&Poesia®



Ah, não te findes primavera, amena,
Sentada na porta da minha tenda!
Unge-me a cabeça com tuas serenas rendas,
Quero-te em companhia nos meus dias -
Pra onde vais quando te ausentas?



Fica! Tu ajardinas o meu templo!
Quero-te em poema, canto, profundeza,
Bálsamo!Aroma no meu chão e firmamento.
Oh, primavera que tanto amo e respiro,
Não sabes que harmonizas o meu tempo?



Não te finjas! Penso que te vês em mim, querida,
Eu estando em tua grinalda, primavera, minha vida.
Lembra! Mesmo quando em outros ventos transitares
Guardar-te-ei refletida na soleira da minha vivenda,
Não me esquecendo de que tu és a prima_vera!




Véra Lúcia de Campos Maggioni®
Vera&Poesia®
Direitos autorais reservados
Santa Rosa - RS - Em 17 de outubro de 2009.
http://recantodasletras.uol.com.br/poesias/1873591
Escrito especialmente para a ciranda: Para uma Linda Lembrança -
Tema Primavera, Grupo Alma e Poesia, à convite da excelsa poetisa
amiga Luli Coutinho.






30 - Primavera.
Roseli Scarparo

Das quatro estações, tu és a mais esperada e delicada.
De frescor e misturas perfumadas, nos impregna.
Sua chegada és contemplada pelos pássaros e flores
numa fusão de alegria e amor.
Nós mulheres reverenciamos tua presença, em nossas
vidas sentimo-nos jovens como jasmins em flor.
Aos homens alegria e encantos, aos quatro cantos.
Seja bem-vida doce primavera!


SP.18/10/2009
Rosesca





31 - Doce primavera
Cibele C.Teixeira


Doce primavera que chegou
alegrando-nos com sua cores,
não trouxe, pra mim, novos amores.
Meus sentimentos estão à deriva,
sem rota certa a seguir,
destino algum para ir.
Eu estava à espera
de uma doce primavera
que me mostrasse, afinal,
um porto lindo, onde encontrar
um amor sincero, sem igual.
Eu iria, então, aportar
e , por lá, me deixar ficar...


RJ





32- Já é Primavera
Auber Fioravante Júnior



Já no primeiro raio
O botão se abriu, altivo,
A vida sendo celebrada onipresente,
Um baluarte ao coração!


Assim ela nos atrai,
Nascendo e renascendo, nos elevando,
Única na sua simplicidade,
Impar em sua beleza, cor e sentimento!


A maravilha do orvalho
Fazendo arte, na pétala dançarina,
Da borboleta voltando ao jardim,
Ao cálice, a mais uma quimera!



Por que hoje,
Já é primavera!


17/10/2009
Porto alegre - RS



 
 

Tubes: Lori Rahe/Luz Cristina
Wav: Il Divo - Come Primavera