Moldura/ Retrato / Imaginação
 
LuliCoutinho/ FranciscoCoimbra / Maria Thereza Neves
 

Na moldura do meu sono
Vejo imagem do instante
Criando asas nos sonhos
Só encontro o teu retrato
Feita a palavras quentes
Reascendendo chamas
Silenciosa vagueia canto
Num desejo em fantasia
Acordando doce a melodia
À ventura perfuma encanto
 

Vislumbro um vale de amor
Vegetação sedosa verde
Campos de girassóis olhando o sol
Respiro a brisa, emano calor
Transpirando respirando
Emanando carícias, beijos
E a lua de seda branquinha
Lençóis brancos de seda
Plumas, fronhas se encostando
Clareia a noite e é só minha
 
 
 
Envolta a seda perfumada
Transporte o tapete alado
Voa a imaginação infinita
Nesses sonhos de alvorada
Viagens soltas de sonho
Sonhos acordando sonhos
Meu coração eterno palpita
Passaporte para a poesia
Entrelinhas que se ligam
E minha alma flutua bendita
 

Mas nos olhos vejo pedaços...
Fragmentos caleidoscópio
Rodamoinhos, arco-iris da vida
Minhas dores, meus espaços
Pedras mágicas preciosas
Lapidações das almas
Em quimeras rubras de alegria
Solto abraço em fantasias
Fecho minhas cortinas
Na doce alusão a essa ironia
 
**********

Publicado no Recanto das Letras em 20/09/2009
Código do texto: T1820895
 
***********
 
CREDITOS
 
TUBE
SARITA
 
ARTE E FORMATAÇÃO
ANA RIDZI
 
BASEADO NO TUTORIAL DE
ADITA'S
 
 
 
 
VOLTAR