OLHOS NEGROS
CeresMarylise
 

São os teus olhos, negros diamantes
Que captam do sol, a luz do dia.
Olhos cheios de amor que insistentes,
Buscam os meus que os teus já refletiam.
 
Negros olhos que me atraem loucamente...
Brotam calores que em gotas
se evaporam,
E os meus, castanhos, tímidos se esquivam,
Disfarçados no silêncio em que se escoram.

Quero afastar-me dos teus olhos,não consigo!
E embaraçada, busco desviar os meus,
Senão me queimo nessas quentes chamas
Quando me olhas com os negros olhos teus.
 

Este Olhar

LuliCoutinho

 
Viestes com este olhar...
íris negra de cristal
preciosas gotas que me aquecem
seduzindo-me ao amor.

Rútilos de fogo dourado
entrelaçados fios me enroscam
tirando-me o juízo
com feitiço a me provocar.

Viestes com este olhar...
iluminando os próprios meus
modificando preceitos
fazendo-me perder o jeito.

Viestes com este olhar louco
deixando-me sem respeito
sem opção, sem conceito.
E o gosto de a ti me entregar.
 
 
Janeiro/2007
 
 
CINTILAÇÕES
Eugénio de Sá
 
São dois os pares desses olhos
uns negros, outros castanhos
Não importa os seus tamanhos
se são da alma os atalhos
 
A luz que os cílios encobrem
e as cintilações que ocultam
não explicam porque exultam
outros que com eles se dobrem
 
É loucura, que eu bem sei
esperar ler, porque os louvei,
neles resposta a preceito
 
Mas lá gostar, eu gostava
que desses vulcões, a lava,
deslizasse no meu peito.
 
 
Março/2012

 

 

Anna.br