Noite Vazia
elisasantos


A cidade sonolenta mergulha no Mar-Negro
Nas pontas dos icebergs debatem-se sombras
De vontades congeladas do velho-mundo


Com tintas fortes, a escuridão cobriu a lua e estrelas
Nas tulipas, hoje unicamente negras, pousam meus olhos.

Acordo, moro em um moinho-de-vento.



elisasantos
Publicado no Recanto das Letras em 12/03/2006
Código do texto: T122237

Mid: Toni Braxton - I Dont want to lose you

 

Voltar