Para a menina que um dia fui...
elisasantos


O entardecer parece estar ao alcance
das nossas mãos...O pôr-do-sol...
Com muitas cores!
Já viu a quantidade de cores?


Durante um longo tempo estivemos caladas
admirando o poente; duas mulheres
contemplando o próprio crepúsculo.
Eu, e a menina que um dia fui:


- Sei ser a foto viva dos teus sonhos, ambições;
teu projeto. Aguerrida, acompanhou-me até aqui
em minha caixinha de jóias, meu brilhante és...

peco-te desculpas, por vezes, ser soturna e radical,
e em outras pagar o bem com o mal!
Por vezes não ser tão sincera
como era o teu normal...

pensando no ocaso da vida,
que não precisa ser colorido,
então, que seja luminoso, igual ao pôr-do-sol.

e como tu...Transparente...
como se cristal fosse!


elisasantos
Publicado no Recanto das Letras em 18/06/2006
Código do texto: T177638

 

 
 
Créditos:
 
Tutorial Denise Worisch
 
Tubes:
 
Mulher: Nara Pamplona
Crianças: Denise Worisch
Ave: Denise Worisch
Paisagem: Nurso
 
 
 
 
 

 

 

 

VOLTAR