Revoada
elisasantos



Contra-senso esse lamento. Nos últimos tempos
De mãos dadas éramos criados, amordaçados,
dos sentimentos exilados, na racionalidade agonizávamos.


Notas soltas pelos ares... Sem danças,
lançávamos dardos e não chegavam.
Distantes mesmo abraçados, os beijos não estalavam.


Pelo motivo solidão, a liberdade era negociada,
acomodados na gaiola dourada, já não respirávamos.
Bem mais benfazeja, decerto, foi a revoada.


Arte e Formatação: elisasantos
Publicado no Recanto das Letras em 04/05/2007
Código do texto: T475063

 

Voltar