a minha voz é esta
Francisco Coimbra


falo depois de te ouvir
e nem escrevo versos
apenas tenho o desejo
de transmitir a poesia
como vibração viva
duma melodia... voz

a ti que viestes assim
nua irradiante intensa
muito mais presente
do que quanto pensa
um imaginar sem ter
contacto com o acto...

de dizer-se todo nu
outro agora qual tu
ainda há pouco eras...

eu pensando em ti
para dizer palavras
lidas voz... vi_vida!

 

Wav: Ernesto Cortazar - Torero

Voltar