Assim te Guardo
LuliCoutinho
 

Despida de ti
Sem teus beijos
Inda tenho nas entranhas
Doces cheiros e manhas
 
E a magnitude do amor
Crava laços ao coração
Entrelaça e enovela
Vida sedutora e bela
 
No apego a postura
Do sonho a alvura
Um violino desperta
E em poesia versa
 
Aflora os sentidos
Àqueles momentos idos
Assim te guardo em mim
E presente tu estás, enfim!
 
 
 
 
Assim Guardo/ Canção d'Alma
LuliCoutinho/FranciscoCoimbra
 
Despida de ti/ no calor da pele
Sem teus beijos/ sentindo o corpo
Inda tenho nas entranhas/ afagos coloridos
Doces cheiros e manhas/ de doçura ter
 
E a magnitude do amor/ tocada ternura
Crava laços ao coração/ em vibração
Entrelaça e enovela/ boa inspiração
Vida sedutora e bela/ enche o peito
 
No apego a postura/ toda de candura
Do sonho a alvura/ brancos lírios
Um violino desperta/ suave música
E em poesia versa/ a melodia cheia
 
Aflora os sentidos/ quente cadência
Àqueles momentos idos/ voz revitaliza
Assim te guardo em mim/ canção d'alma
E presente tu estás, enfim!/ toda em poesia!
 
 
 
 
Canção d'Alma
FranciscoCoimbra
 
no calor da pele
sentindo o corpo
afagos coloridos
de doçura ter
tocada ternura
em vibração
boa inspiração
enche o peito
toda de candura
brancos lírios
suave música
a melodia cheia
quente cadência
voz revitaliza
canção d'alma
toda em poesia!
 
 
 
10.06.2013
Brasil/
Portugal
 
 
 
 
 
 
Créditos:
Tube: Mou
Imagem jpg - net
Edição e Arte final: Dea Maia