Hoje Bebo da Tua Poesia!
Você me inspira!
LuliCoutinho
Francisco Coimbra


Hoje bebo da tua poesia!
Você me inspira!
Chegou de mansinho com analgesia
Vivo para sentir a alegria
Fez-se dos meus sonhos sonhados com maestria
Vindo viva com a tua presença
Um torpor de sentimentos puros sem utopia.
Você que escuta o que sinto ou creio


Hoje, visto-me da beleza rítmica!
Deixa eu dizer amor
Prosas e versos de tua sedução poética
Dentro dos limites infindos
Transbordam minh’alma com textura estética
Donde partimos para o Universo
Mantendo a chama da paixão enfeitiçada e mística.
Dando a cada verso o sentido sentimento


Hoje meu alimento, luz da eucaristia!
Ama comigo chama!
Comunga contigo, dom das mãos divinas!
Acende o Espaço de Tempo
O expressar nos versos e reversos, tua pura rima
Alimenta da minha mente nu corpo
Adormeço cânticos de anjos que trazem a mim,
Arde nesta chama chamada bem de Arte
Os sons da tua poesia!


27/10/05
Homenagem a Francisco Coimbra, com carinho.
Homenagem à minha amiga Luli Coutinho.
Meu mestre, meu Poeta Maior.
No amor deste Amor à Arte

(onde sem as pessoas ela não existe).
05-04-2008 10:36:27
 

 

Hoje Bebo da Tua Poesia!
LuliCoutinho


Hoje bebo da tua poesia!
Chegou de mansinho com analgesia
Fez-se dos meus sonhos sonhados com maestria
Um torpor de sentimentos puros sem utopia.


Hoje, visto-me da beleza rítmica!
Prosas e versos de tua sedução poética
Transbordam minh’alma com textura estética
Mantendo a chama da paixão enfeitiçada e mística.


Hoje meu alimento, luz da eucaristia!
Comunga contigo, dom das mãos divinas!
O expressar nos versos e reversos, tua pura rima
Adormeço cânticos de anjos que trazem a mim,
Os sons da tua poesia!


27/10/05
Homenagem a Francisco Coimbra, com carinho.
Meu mestre, meu Poeta Maior.

Publicado no Recanto das Letras em 27/10/2005
Código do texto: T64412



Você me inspira!
Francisco Coimbra


Você me inspira!
Vivo para sentir a alegria
Vindo viva com a tua presença
Você que escuta o que sinto ou creio


Deixa eu dizer amor
Dentro dos limites infindos
Donde partimos para o Universo
Dando a cada verso o sentido sentimento


Ama comigo chama!
Acende o Espaço de Tempo
Alimenta da minha mente nu corpo
Arde nesta chama chamada bem de Arte

Homenagem à minha amiga Luli.
No amor deste Amor à Arte
(onde sem as pessoas ela não existe).

05-04-2008 10:40:20


O encontro com o tempo pode ter destes momentos perfeitos:
às 10h, 40minutos, 20segundos deste Sábado ainda a começar.
Que continue em Beleza!
+ beijosF

 

 

Arte e Formatação: Salete
Tutorial:

 

Voltar