Plenitude do Amor
 
LuliCoutinho

O tempo ao amor tudo descubra,
O sonho apela em minha sina
E o ardor num vislumbre se rubra,
Viagem na tela não se ensina
 
A mulher da sua dor lhe dê a voz,
Um canto de luz e serenidade
Somando o sentir na paixão veloz,
Possa viver ao sonho realidade
 
E dele floresça ao lhe ser doce
Em seus braços leves como lírios,
Exalta perfume cantando prece
 
Os versos sejam como a saudade
Para viverem o olhar de brilhos,
Plenitude do amor e verdade
 

Soneto I
Com os ensinamentos do meu mestre
FranciscoCoimbra
 
15/10/09
São Paulo - SP
 

Enviado por LuliCoutinho em 19/10/2009
Código do texto: T1875737
 
Créditos
Top Fantasy
Tubes ©Claudia Viza & ©Marcio C.
Música romantic music instrumental - composed by Alain Nobile
Arte, Criação e Formatação HildaRosa