Para Luli Coutinho...


Luz rompendo a escuridão,
Uns raios finos, delicados, dulcissimos!
Leve toque sobre feridas entreabertas...
Impar presença de amor e carinhos...
Como não tê-la agarrada ao peito?
Onde poucos podem fazer morada!
Um canto de paz, onde a tua própria paz já fez um ninho...
Tendo nossas almas se irmanado,
Indo ambas de mãos dadas pelos caminhos...
Não consigo esquecê-la, mesmo que me tenha silênciado...
Hoje então... Vim abraçá-la!
O acróstico é para festejá-la: Feliz aniversário Luli Coutinho!


 



Edvaldo Rosa
www.sacpaixao.net
23/02/2009

 

 

Voltar