Foi assim que aconteceu...
 
É assim que akontece - nem precisa ser nos dias 23...
 
A Cidade: Paulicéia - que inda não era assim - tão desvairada - Nasce u'a Estrela com mils mimos e mimada...
O mês era fevereiro - o lindo dia 23...  Que qual  felizes  patinhos na lagoa... O futuro virá depois...
 
 
Ao invés das mamadeiras apenas, a adorável criancinha - Estrelinha e Menininha - foi mui bem alimentada
com "sopa de letrinhas"...   Talvez essa seja - a razão precisa - de   SER   Poetisa...
 
 
O relógio anda...
 
A vida Paulistana - continua chuvosa - parece que aqui - com todos os efluvios, ocorre e re-ocorrem todos os diluvios...
Mas... A chuva é vida... E a vida é certa, que deva ser vivida com muito amor, com muito carinho - tal qual desta
Estrela desta nossa estória que ora damos o nome: - Luli - Little Star -  Coutinho..
 
 
Até que um belo dia...
 
 
Ah - enquanto o relógio, dava tempo ao tempo, nas calidas noites, no iluminar dos dias, nossa Estrela Luli,
recebe a visita - que não a deixa mais, e ao perguntar seu nome, esta com um sorriso apenas
assim lhe diria: - Eu sou Você agora...  Eu sou a Poesia!
 
 
Nesse meio tempo...
 
 
Qual toda a Estrela, que deixa seu brilho, pelas eternidades, nossa Estrela Luli, se tornara Mãe, e dos filhos dos filhos,
Mãe das Mães e Avó, embora tão menina, com sua loirice - sempre delicada, ser aVó para ela, foi ser premiada... Tanto
que aos Netos, em uma trindade, faz versos mais versos... Ah Felicidade!!!
 
 
Chega o Carpe Diem...
 
 
Vivendo o hoje, de mente e corpo sã - qual u'a boneca - da cor marzipan, que ilumina a Rua - qual  a Ana Lua... E o tempo
sem tempo, mas sempre sorrindo, lhe mostra Mateo - um Anjo Menino, enquanto "do alto" , se  vê  ELE - Jesus,
abraçado a  Pietra - uma 'Pedra de Luz'...
 
 
D e novo Fevereiro...
 
 
De novo 23... Mas... E o depois?
 
O depois - será... O depois - ao longe - lá nos horizontes, em que a Luli - Estrela - amiga dos tempos, fica mais bonita,
(pois tem o segredo - d'eterna juventude), sorri para a vida, sempre na certeza, de que nesta vida,
a sua missão - foi feliz... cumprida!!!
 
 
E a felicidade?
 
 
Ah - felicidade - não é apenas hoje - não é hoje somente
pois que o SER feliz, é sua (e nossa) missão...
e.. e... e... E é permanente !!!
 
...
 
Karinhos Kentinhos,
 
Zeca Feliz
Chuva de Bençãos para Você!
 
 
 
 
 
 
 
 
Voltar