A Chuva...
Luli Coutinho


A chuva cai sobre meu rosto com voz macia
Impregnando meu corpo em gotas cálidas
Feito lágrimas de acalanto a minh’alma pálida
Plena de emoções, silenciosamente surge à poesia.




Enquanto ela se espalha lenta, feitos pingos em voz!
Meus devaneios aflorados exalam reais encantos
De paixão transbordante bebo este doce canto
Envolta nesta substância infinita, sinto o poder da Paz.


29/05/05

 


arte e formatação reginaLU
imagens e midi obtidas em grupos de troca

 

 

Voltar