A Menina dos véus
Luli Coutinho




Entre os dedos escorrem luz
Imantados de amor e sonho
Guardados das noites blues !



E neles sinto tua pele de sol
Nua trazida aos meus braços
Feito estrelas de puro cristal



Recebo teu coração meu mel
Refugio aos temores e meu fel
A ventura é calmante às dores



Tua alma, tão minha, consagra !
Descanso ao coração cansado
Adormecida sob o meu regaço



E assim sou tua voz violeta
A bailarina pintada à paleta
A menina dos brilhos e véus.


18/03/2009
 

 

 

Voltar