Amor Diamante
LuliCoutinho

Numa noite, sem que o luar surgisse,
Os pincéis do vento enfurecidos com fetiche
Tingiram os céus de marinhos açoites.

Sem que pudesse visualizar teu semblante
Meu amor embalou-se em obscura nuance
Amei-o com ardor, intermitentes lances.

Fizemos de nossa cama uma teia
Um amor êxtase que ora incendeia
Ora desatina, ora desnorteia.

Amor demente, sem mente!
Sem lua e flor ausente
Mas amor diamante, clemente.

Lapidado lentamente!

 

 

Arte e Formatação: Salete
Wav: Air Supply - I'm All Out Of Love

 

 

 

Voltar