Os beijos que não te dei
São os acordes inacabados
Da música que te preparei
Na poesia que te guardei.

Os beijos que não te dei
Guardei-os para deixá-lo tonto
Deixarei a malícia nos pontos
Que em teu corpo bordarei.

Os beijos que te darei
Serão eternos e mornos
Guardarás por muitos anos
Na boca que sempre ansiei.
 
 

"Poema de participação da Ciranda:
"Beijos Perdidos"
Coordenação: Jorge Linhaça"
 
Beijusss!!!
 
 
 
 
VOLTAR