Mago Mistério
Luli Coutinho


Amor de mago mistério!
Luz da noite feito um acalanto
Névoa molhada confundindo o pranto
Encantamento, oração e canto.


Eu a sonhar-te com reverências!
Sentindo o perfume ao lembrar teu cheiro
Ao lembrar-me dos beijos molhados, teu jeito!
Presa em teus braços, tais bordados no peito.


Sagrado amor, não olvido esquecer!
Tenho sonhos ainda p’ra com ele ter
Vestindo as noites de esplendor e cor
Carícias à alma, florescendo este amor.


07/08/05



Arte e Formatação: Zilca Tricerri

 

 

 

Voltar