Nus... Artesãos
LuliCoutinho


Feito o entrelace
Cria-se o lastro
Edito o compasso
Do meu amor.

Penetram-me a pele
Trinados versos
Nus... Orvalhados
Nós... Num torpor.

Meus beijos quentes
Trazendo-te meu
A com os braços teus
Envolvo-me.

Tuas asas de cisne
Aconchegam-me
Na suavidade da seda
Entrego-me.


Tinjo-me de tuas cores
Exalo teus odores
Uníssonos dons
Nus... Artesãos.



13/02/07

LuliCoutinho
Publicado no Recanto das Letras em 13/02/2007
Código do texto: T380469