Perfume
 
 
Era o perfume de flores
 
 aquele que pude sentir,
 
não tenho é a certeza
 
qual deles passou por mim.
 
Seria talvez de uma rosa 
 
absorvendo um jasmim,
 
e em meio a outras flores
 
seu cheiro quis repartir.
 
 
Seria talvez de violetas,
 
de aromas tão peculiares,
 
que, misturadas às outras,
 
o cheiro quiseram ocultar,
 
deixando que seus perfumes
 
só deleitassem altares,
 
mas confudiram essa rosa,
 
 que apenas queria agradar.
 
 
 Rosa, violeta ou jasmim,
 
ou um pouco de todas, não sei.
 
 Qual delas passou por mim?
 
Deixaram um perfume gostoso
 
que há tanto tempo ainda
 
seu cheiro comigo guardei,
 
e em horas de andar vagaroso
 
resiste a uma dor entrevinda.
 
 
 
Santos, 01 de agosto de 2009
 
 

Perfume

Luli Coutinho

 

 

Talvez esse perfume

Trazendo certo lume

Teria o cheiro do jasmim

E impregnado ficou assim

 

 Jaz em mim seduz amores

Perfumando minhas dores

E a névoa de uma saudade

Já infinda! Trago em mim

 

 

22/08/09

São Paulo-SP

 
 
 
 
 
 

 

VOLTAR