Ao Espelho, Nua!
Luli Coutinho
 
 
O espelho assim me revela
Em vestígios cansados de dor
Uma inércia na luta sem aquarela
A louca saudade de uma Lua de Amor!
 
Nos momentos que me sinto indefesa
Tão frágil na lembrança apagada e silente
Ouço ao longe tua voz de princesa
Vejo-te pura no turvo espelho, tão ausente!
 
No rosto da Lua flutuas eternamente
Em verdes lágrimas onde o meu se espelha
Sem saber quem está mais carente
Na plácida transparência desta ilusão 
 
Lua! Só minha, tão doce auréola nua
 Canto tua forma tão alva, serei tua!...
Leva meu pranto que a ti celebra!
Guarda meu amor na madrepérola de tuas asas
 
São Paulo - SP
09/03/11
 
 
LuliCoutinho
Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T2837986
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tube: Sorensen Designs
Wav: Joan's Dream - Q. Saxon
Arte e Criação: JoiceGuimarães
 
 
 
 
 
VOLTAR