O Meu Amor, Quem Viu?

Luli Coutinho

 

 

Assim ficaram meus dias

Quando jaz meu azul do céu

Que cobria de luz meu véu

Irrompeu-se à nostalgia

 

 

O turvo dia que me consome

Em saudade num peito frio

Um pouso perdido no ar vazio

Que se fez melancolia

 

 

Todo um silêncio desajeitado

Luar fosco o sonho pranteado

Choro de lágrima escarlate

Ao sono rompido à agonia

 

 

Eis que me perdi num paraíso

Cuja desilusão me sondava

Àquela lágrima de sal caído

 Olhar aflito a dor exalava

 

 

Não me achei a claridão do dia

Fiz das incertezas dos espinhos

Teia a me enroscar nos caminhos

A procura da cura dessa ferida

 

 

Mas tudo tão inútil!

Olhos rumam outra paisagem

Mãos afagam novas identidades

O meu amor, quem viu?

Ninguém!

 

 

 

13/05/10

São Paulo – SP

www.lulicoutinho.com

 
 
 
 
 
Tube: MMDezigns
Tutorial: Cameron
Wav: Celine Dion - Femme Comme Chacune
Arte e Formatação: JoiceGuimarães
 
 
VOLTAR