Teu vinho

LuliCoutinho

 
 
 
Debruço-me em teu corpo de alabastro
E tu és como estrela, simétrica geografia
Cativo ao perder-me em ti, laços, filosofia
Conheço meu céu, nele tu és o maior astro

Hoje comemoro noites sedentas em ti
O vinho que sorvi da tua boca, tão minha
E um choro se debruça em meus olhos
Quando vejo taças vazias de nós, sós, aqui

Procuro-te em meus sonhos secretos
Revivo-o no perfume teu vinho, o bouquet
Espumas misturadas doce néctar de amor
Frenéticos sabores nos levando a abismos

Tuas mãos, perdidas a eternidade do céu
Sombras formando telas abstratas
Lábios fatigados de ais, êxtases eternos
Momentos que deslizavas meu véu

Doce e amargo, lembrar este céu
Onde me embriago de sonhos, tão nua
Sozinha aos caminhos obscuros, invisível lua
Os sorrisos que morrem são réus
 
 

São Paulo – SP
www.lulicoutinho.com
 
Código do texto: T2323931
 
 
 
 
 
Tubes: Claudia Viza/DBK
Wav: Ketty Lester - Love Letters
Tutorial: M_Ap
Arte e Formatação: JoiceGuimarães
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
VOLTAR