Anjo do Sono
 
LuliCoutinho
 
Sinto o mormaço do corpo teu
Sonhos e devaneios, esplendores,
Quimera!
 
Um Sol em fúlgidos lampejos
A exalar o perfume suave dos brancos lírios
Beijando suavemente pedaços meus
 
Lembra-me sempre o anjo do sonho
Quando o sono se transporta comovido
Pairando no ar entontecido de amor
 
Faço-me leve e suave às carícias da pele
Como pétalas de seda, recebo teus beijos,
Quando me pousas com lábios de mel
 
Aonde tudo são luz e beleza
Perpetuo momentos no alto voando...  Anjo!
Desejos irreais, paraíso, sol, riso, paz florida.
 
Volto à procura de um sol que me achou
Perco-me de ti, tudo se esvai a triste sina!
Um lampejo de neve fecha a cortina.
 

05/09/10
São Paulo – SP
 
 

Publicado no Recanto das Letras em 05/09/2010
Código do texto: T2480017
 
 
 
 
Tube casal Gina tube
Tube face MarcioC
Música : Emma Shapplin_CuorSenzaSangue