Ironia
 
Luli Coutinho
 
O céu estava no raro azul claro
E eis que chegou a tempestade
Devastou o ar e o chão da tarde
Enegrecendo um momento raro
 
Entrou pela porta sem licença
Batendo forte a minha janela
Nem notou a minha presença
Abalando o sonho a sentinela
 
É como se o ar tivesse partido
Chegando com traços à ironia
Deixando o silêncio sem ruído
Traçando caminhos à nostalgia
 
Adejou o sonho hora morrido
Abrindo mão da sua alquimia
E aquele rosto, no ar de sofrido
Trazia nos olhos pura heresia
 
16/12/08
 
Código do texto: T1343817
 
 
 
 
 
 
 
Tube tubeclaudiaviza-fantasia138
Tube Nicole
Wav: mariah_carey_ i_give_my_all

 
 
 
 
 
VOLTAR