Luxúria
 
Luli Coutinho
 
Deitou-me com suavidade de deusa
Teus lábios encontrando os meus
Provamos o doce e mágico licor do mago
Embriagados, entramos na dança do amor.
 
Dança de sanha, de manha!
Provocas-me devagar
Na ansiedade do prazer maior
Insinuo-me com meu corpo, deixo-o louco!
 
Uma dança quente! Um jogo de sedução!
Um imenso torpor!
 
Alucinada, vejo-me às luxúrias do prazer
Teu corpo! Tua boca! Tuas mãos!
Desfaleço! Entrego-me a explosão do gozo
Eternizando-o em meus poros, num só corpo.
 
 
 
15/08/06
 
 
Publicado no Recanto das Letras em 15/08/2006
Código do texto: T217339
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tube Luz Cristina
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

VOLTAR