Poema Abstrato
 
LuliCoutinho
 
Ao transformar a realidade usando alquimia
Há um desejo louco de voar e me libertar
Aos olhos do universo percorrer paisagens, planar!
Vislumbrar  vida que principia se anuncia
Ignorar dores, nostalgia!
 
Tenho um lindo anjo que me guia
Metade luz, na outra lua flor, doce amor,
A conduzir-me ao paraíso, envolta a luz e regozijo!
 
Um mundo suave em que me leva, enleva...
A felicidade transborda em serenidade
E voo, voo, levada ao vento da flor.
Visitando a lua do amor
Inexistente a dor!
 
Voando, dançando, cantando
A nos sentir... Felicidade singular!
Eternas almas para nos encontrar.
 

12/08/10
São Paulo – SP
 

Reeditado em 12/08/2010
Código do texto: T2433753
 
 
 
 
 
 
 

Tube Guismo

 

 

VOLTAR