Renascimento
 
Luli Coutinho
 
 
O tremor da vida, o terror
Gritos e sussurros de pavor
A mãe natureza se manifestaria
E de uma forma devastadora e brutal
 
Um mar em avessos nos chamaria a atenção!
 
Pobres os que com ele seguiram nesse dia
Órfãos os que ficaram sem guarida, sem chão,
Ilhados à dor e desilusão a procura do pão.
 
Deus! Oh, Deus!
Pai, protetor de todo o universo!
Hoje aos desamparados pedimos auxílio
Não os abandone, são seus filhos!
Ajude nossos irmãos que hoje ainda temem
 
Combata a serpente venenosa
Que insiste em rastejar envenenar a terra
E ao homem que por ela prospera
 
Dá-lhes a água da vida, a luz aquecida
O adubo do chão à terra fértil, o pão
Dá-lhes a algesia à sinfonia
Floresça em Cerejeiras da alegria!
 
Faça-os renascer um novo dia!
(À Terra do Sol Nascente)
 
20/03/11
São Paulo - SP
 
 
 
 
 
 
 
Imagens Jpg
Colhidas na net
´Música online: kitaro/a_drop_of_silence"
 
 
 
 
VOLTAR