Retrato de Uma Canção
 
LuliCoutinho
 
Se em meu devaneio
Alcanço o profundo azul
Vejo teu rosto ali inteiro
Numa visão que persiste
Nos delírios do meu amor
 
Essa solidão infinda
Retrato da triste canção
Das quimeras imaginadas
Nos sonhos de amor ou quase nada
São notas tocadas da minha dor
 
E nesses momentos
Em que me vejo nua e só
Lavam-me as horas da noite
Sussurros e lágrimas na face
Jazem na memória remota sem cor
 
04/10/08
 
Código do texto: T1267157
 
 
 
 
 
Tube Ana Ridzi
Jpg background_6_by_elenadudina-d24yosz
Jpg background_stock327_by_sophiefzy-d4mabkm