Simpática opala!
Edvaldo Rosa


Olha em meus olhos, meu amor...
Não tema perder-se dentro de mim,
irás bem direto à minha alma,
que vibra, viva, por ti!
Não tema perder-se dentro de mim,
pois todo o meu ser leva pra ti!
Sou todo caminhos,
atalhos, que desembocam em ti!
Pois sou águas de rio,
que correm para você, meu mar!
Sou luz, que só existe por que você existe...
É você que me alimenta a chama,
que propaga meu calor...
És a flor d'onde roubo meu perfume,
o brilho em meu olhar!
A alegria de meu sorriso,
os sorrisos da minha vida!
Meu amor, olha em meus olhos bem fundo...
E nada tema!
Somente encontrarás dentro de mim
a tua própria essência!
Que me faz vivo e feliz...
Sou como uma simpática opala,
sem brilho, sem beleza...
Que só mostra as maravilhas de sua natureza
após um contato...
Um calor...

15/05/07

 

Voltar