VOAR INFRENE
Wilson de Oliveira Carvalho




Gostaria de alçar vôo e deslizar
pelo infinito, destarte renascer novamente
para ser livre e despedaçar os liames
do mau que obstam à vida a dois.



Gostaria de ver as estrelas bem
de perto, o azul que some de
vista, e se fosse possível, ouvir o
cantar de muitos anjos.


Passaria o maior do meu tempo
entre as gaivotas sobre o mar, e quando
fosse o tempo de descansar, procuraria
um recife coberto de flor-de-coral.


Gostaria sim e mais, quando a noite
se aproximasse e estivesse alcandorado no
pináculo da maior árvore, estaria bem longe das
maneiras que não satisfazem.


Por favor, não entendam que desejo
fugir por algum motivo dominante,
desejo entender a existência de tantos porquês,
pois dou como certo que o vento e o céu me favorecem.









Imagem: Site 1001 Imagem
Arte e Formatação: JoiceGuimarães
Tutorial:

 

 

 

Voltar