Perdão, querido
Ciducha
 
Lava-me com água de perdão;
torna-me mulher outra vez,
coração despojado de mágoas...
bornal repleto de sonhos  bons,
humanamente simples e feliz!
 
Dize-me palavras meigas
palavras que compensem
a humana lida de tentar e errar,
errar e tentar uma, mil vezes,
no caminho que não conheço!
 
Dá-me um afago, um que seja
uma simples razão, ao menos,
para reaquecer meu coração.
 
Me enxerga com generosidade...
releva minha realidade,
minha intolerância sem fim...
me dá seu perdão,
faze-me mulher ,outra vez!
Humanamente simples e feliz...

Olhe pra mim...
 
                 
 
 
 
 
 
 
 
                                                                                                   

 

***********

ARTE E FORMATAÇÃO SUELYDAM

 
 
 
 
 
 
VOLTAR