Hoje te encontrei !

Shir Ellinger

Dias, noites, madrugadas,
tristes tardes eu passava,
sem saber onde estavas,
me aturdia e chorava...

Contava o tempo, o espaço,
a separar-te de mim,
cantava minha saudade
ao som de um bandolim...

Era tão frio o silêncio,
caía em mim seu granizo,
em vão eu só te buscava
num pensamento impreciso...

Ah, meu amor !
Não sabes o quanto sofri !
É, procurei esquecer-te...
Não, não consegui !

Hoje, hoje te peço perdão !
Hoje eu te encontrei,
te vi, senti, sorri, chorei...

Hoje eu sei por que te foste.
Ah, Meu amor !
Quão errada eu estava !

Te juro: Aconteça o que acontecer,
nessa estrada e muito além,
não amarei mais ninguém !

Hazorea.il,26/06/2006

 

 

VOLTAR