Disfarce

           Hilda Persiani

 

Quanta gente que esconde a melancolia

De uma alma acabrunhada e triste,

Disfarçando entretanto, a agonia,

Fazendo-se de forte e que a tudo resiste.

 

Seu sorriso muitas vezes está ocultando

A lágrima sentida que traz retida,

A chaga, que o coração está dilacerando,

De uma ingratidão que nunca foi esquecida.

 

Quanto sorriso, que jogado a esmo,

Como se fosse uma máscara na face,

Traz recolhido na alma a verdade,

 

Todavia, tem no peito, pena de si mesmo.

Sem a máscara, se a realidade mostrasse,

Exibiria á todos a sua falsa felicidade!...

 

Curitiba, 19/06/2010

 

 

 

 

VOLTAR