"ESTOU INDO. CANSEI"
Luiza Porto
 
 
Estou indo, cansei.
De ver ser puxado o tapete, de perceber
que só tem valor, aquele que tira vantagem,
que sabe a quem deva puxar o saco,
desculpe o palavreado.
 
Estou indo, cansei.
De ser gentil, carinhosa, sempre disposta
a ajudar, foi assim que aprendi com minha
família.
 
Estou indo, cansei.
De perceber que tudo que ensinei
aos meus filhos, parece sem valor,
como honestidade, respeito, lealdade.
 
Estou indo, cansei.
Na política, no trabalho,
nos grupos de amigos ou vizinhos,
tudo gira em torno do próprio umbigo,
ninguém quer saber o que pode aprender em um grupo,
 mas o que pode fazer para aparecer mais que
o outro, mesmo que para isso,
tenha que ser falso, mentir descaradamente.
 
Estou indo, cansei.
De entrar no elevador, com um sorriso e dizer bom dia,
e perceber caras amarradas
como se um sorriso de volta, abrisse as portas
de suas casas,
mas o que quero é apenas abrir portas de corações.
 
O que está havendo, ou sou eu que com a idade,
estou ficando mais seletiva e tendo percepção
que antes não tinha,
 de qualquer forma...
 
Estou indo, cansei...
 
 
 
 
 
 
 
Créditos:
Tubes
Ana Ridzi
DBK
Dea Maia
 
 
Edição e Arte final
Dea Maia