Quero ser aquela menina...
Marilena Trujillo


Noite triste que me convida a lembrar....
Recordar... lamentar... até me revoltar!...
São mágoas trancadas a me incomodar,
Minha alma abatida... se sente fraquejar...
 
Será que isso é crescer... amadurecer?
Pois que eu seja para sempre criança!
A criança que acorda em cada amanhecer,
Feliz em sua inocência e ingênua confiança.
 
Cuja lágrima caí sem medo de parecer fraca,
Sem vergonha de correr para um abraço...
Que um beijo carinhoso... toda a dor aplaca.
E a faz sorrir, sem da tristeza qualquer traço.
 
Quero ser criança... ser aquela menina...
Que cantarolava canções inventadas...
E sempre dizia... que iria ser bailarina...
Contando histórias, dando gargalhadas.
 
Não! Não quero esta realidade cinzenta!
Não quero mais chorar perdas, partidas!
Meu coração não suporta... não aguenta!
Quero ser bailarina, sonhadora e destemida!
 
Quero de volta tudo... tudo o que perdi...
Esquecer as longas noites mal dormidas,
Palavras amargas que falei... e que ouvi.
Quero de volta meu coração... minha vida!

Mary Trujillo
19.09.2008
 
 
Respeite os direitos autorais
 
Não Autorizo Duetos
 
 
Canto Mágico de Marilena Trujillo
 
Blog
Sou Poesia... Mary Trujillo
 
Blog
Magia Cigana Mary Trujillo
 
Recanto das Letras
Mary Trujillo
 
"AVBAP"
Academia Virtual Brasileira AlmaArte e Poesia
 
AVSPE
Academia Virtual
Sala de Poetas & Escritores
 
"Doce Mistério", "A Paixão da Net".
 
Blog Poetas de Ouro
do grupo "Doce Miatério"
 
 
Art & formatação by Mary Trujillo