Desopilando
Vanderli Granatto
 
 
De uma lágrima caída.
A rolar pelo rosto.
Percebi que estava no poço,
moldando tanto desgosto.
 
 
Gota d’água vertente,
das profundezas do ser.
Peço-te que arrastes,
o que me faz sofrer.
 
 
Desopiles todas feridas.
Role-as pela face já esculpida,
pelo tempo e por tanta lida.
 
 
Que eu ressurja feliz,
tal qual o arco-íris,
como sempre quis.
 
 
 
Vanderli
Em 19/07/2013
Botucatu/SP
 
 
 
 
 
Créditos
Tube de fundo Ana Rizdi
Tutorial Angela*Poesi@
Arte e formatação Angela*Poesi@